Quarta, 12 de agosto de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
86 9 9834-2372
Tecnologia

Tecnologia

R10 Tecnologia Todas as informações sobre tecnologia no mundo.

[email protected]

86 9 9834-2372

Tecnologia - Aplicativo

Postada em 07/07/2020 ás 15h50

Publicada por: Bruna Sampaio

WhatsApp bloqueou contas do PT por 'spam político'
A informação foi confirmada pelo PT ao site TILT.
WhatsApp bloqueou contas do PT por 'spam político'

Foto: Reprodução

No dia 25 de junho, o WhatsApp desativou todas as nove contas do Partido dos Trabalhadores, devido ao disparo automatizado de mensagens e denúncias de spam político. A informação foi confirmada pelo PT ao site TILT. De lá para cá, quatro das nove contas já foram restabelecidas.

WhatsApp proíbe disparo de mensagens em massa

Embora o envio de spam não seja considerado crime pela lei brasileira, o WhatsApp proíbe o disparo de mensagens em massa. Quando a prática é realizada por um partido político, a companhia a compreende como spam político. Mensagens em massa, geradas por sistemas automatizados, causam o banimento de duas milhões de contas do WhatsApp todos os meses, em todo o mundo.

A atividade dos canais do PT na plataforma foi classificada como suspeita por se assemelhar aos mecanismos semiautomatizados. Adicionalmente, vários usuários denunciaram as contas ao perceberem que estavam recebendo o mesmo conteúdo repetidas vezes, o que configura a prática de spam. Após observar o comportamento das contas relacionadas, o app decidiu removê-las.

"Viés político"

Para Gleisi Hoffman (PT-PR), presidente do PT, a decisão do WhatsApp teve viés político, já que o bloqueio veio dias após o partido iniciar um abaixo-assinado pedindo o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Além disso, o PT apoia abertamente o “PL das Fake News”, que é criticado pelo Facebook, dono do WhatsApp.

Na semana passada, o PL foi aprovado no Senado com voto favorável dos seis senadores petistas. O texto quer tornar obrigatória a identificação de usuários de apps mensageiros, com o fornecimento de documentos e o número de celular, além de exigir que as redes sociais tenham o registro do caminho percorridos pelas mensagens trocadas, o que é considerado inadmissível pelo WhatsApp.

Sobre o episódio atual, o partido ainda admitiu que contratou uma empresa especializada em disparo de mensagens em massa, mas disse que o serviço é utilizado para divulgar comunicação oficial do PT para seus afiliados, e não para disseminar conteúdo falso ou ilegal.

Hoffman desafiou os denunciantes a provar que as mensagens do PT se tratavam de fake news, dizendo que esse tipo conteúdo não é repassado de forma oficial, mas por meios ilícitos. Ela ainda disse que entrou em contato com o Facebook solicitando informações sobre as denúncias.

Fonte: Techmundo

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium