Quarta, 12 de agosto de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Resumo do dia

Postada em 09/07/2020 ás 22h11 - atualizada em 09/07/2020 ás 22h17

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Quinta-feira, 9 de julho – RESUMO DO DIA
Coluna Foco na Política com o jornalista Milton Atanazio
Quinta-feira, 9 de julho – RESUMO DO DIA

Boa noite! Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado.

O Superior Tribunal de Justiça concede prisão domiciliar a Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, e à mulher dele, Márcia de Aguiar, que está foragida. O ministro do STF Dias Toffoli manda forças-tarefa da Lava Jato entregarem toda a base de dados à PGR. Após pressão de investidores internacionais, o vice-presidente, Hamilton Mourão, afirma que chegaremos ao fim do ano ‘com resultados no controle das queimadas’.

Queiroz em casa

O ministro João Otávio Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça, decidiu nesta quinta-feira (9) conceder prisão domiciliar a Fabrício Queiroz e à mulher dele, Márcia de Aguiar, que está foragida.

A defesa de Queiroz informou à GloboNews que ele cumprirá a pena na casa dele, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Os pedidos de liberdade do casal chegaram ao STJ no dia 7, após decisão do Tribunal de Justiça do Rio de enviar o caso ao tribunal superior.

Preso desde 18 de junho pela Polícia Federal, o ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) é alvo de investigação sobre o esquema das ‘rachadinhas’ na Assembleia Legislativa do Rio.

Em decisão, ministro diz que é ‘recomendável’ mulher ficar com Queiroz CAMAROTTI: prisão domiciliar é notícia positiva para família Bolsonaro Dados da Lava Jato

O presidente do STF, ministro Dia Toffoli, determinou hoje que as forças-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná, no Rio de Janeiro e em São Paulo entreguem à Procuradoria-Geral da República toda a base de dados de investigações.

Toffoli atendeu ao pedido da PGR, que relatou ao Supremo ‘resistência ao compartilhamento’ e à ‘supervisão de informações’ por parte dos procuradores da República. Na decisão, o ministro afirmou ter visto ‘transgressões’ de procuradores, que não quiseram entregar dados para a chefe da Lava Jato na PGR, Lindôra Araújo.

Socorro à Amazônia

Após videoconferência com representantes de fundos internacionais, o vice-presidente, Hamilton Mourão, que comanda o Conselho Nacional da Amazônia, prometeu ações concretas para reduzir o desmatamento e um decreto que suspende as queimadas legais por 120 dias. Em nota, os investidores afirmaram que acompanharão os resultados do Brasil na preservação ambiental.

Mourão diz que precisará de R$ 400 milhões para ações Ministro do STF envia à PGR pedido de abertura de inquérito contra Ricardo Salles De mudança

Ricardo Saadi, ex-superintendente da Polícia Federal no Rio, foi designado pelo governo para o cargo de oficial de ligação junto à polícia europeia (Europol) em Haia, na Holanda. Saadi ficou na PF entre fevereiro de 2018 e agosto de 2019, e sua demissão foi um dos pontos de atrito entre o presidente Jair Bolsonaro e Sergio Moro. O ex-ministro mencionou a troca de superintendência do RJ como um dos sinais de suposta interferência de Bolsonaro na PF. Atualmente, Saadi é chefe do serviço de repressão a crimes financeiros.

Covid-19 no Brasil

Mais 1.199 mortes pelo novo coronavírus foram registradas no Brasil em 24 horas, segundo o levantamento do consórcio de veículos de imprensa. O total de óbitos é de 69.254, e há mais de 1,7 milhão de casos confirmados de Covid.

A partir de hoje, o G1 passou a detalhar em que estados os dados da pandemia estão estáveis, aumentando ou caindo; veja os números aqui.

Segundo projeção feita pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, ligada à Universidade de São Paulo (USP), a marca de 2 milhões de casos da doença no país deve ser alcançada na próxima semana. O patamar será atingido quase 5 vezes mais rápido do que o que país demorou para chegar a 1 milhão de infectados pelo coronavírus.

Uso da cloroquina não é obrigatório, afirma governo ao STF Cidade de SP tem 1,2 milhão de contaminados Prefeito do Rio condiciona liberação de banhistas nas praias à vacina

 

E mais...

https://foconapolitica.com.br/quinta-feira-9-de-julho/?preview_id=879&preview_nonce=03e16d620c&preview=true&_thumbnail_id=880

Fonte: g1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium