Quarta, 05 de agosto de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
86 9 9834-2372
R10 Auto

R10 Auto

R10 Auto Confira todas as notícias sobre carros, motos, lançamentos, além de segredos e guia de compras.

[email protected]

86 9 9834-2372

Entretenimento - Nova versão

Postada em 16/07/2020 ás 10h49

Publicada por: Francine Dutra

Novo Peugeot 208 será lançado com motor de 20 anos atrás; veja detalhes
Segundo as informações, o modelo será lançado até setembro, com produção na Argentina.
Novo Peugeot 208 será lançado com motor de 20 anos atrás; veja detalhes

Foto: Reprodução

Quem esperava pela chegada da nova geração do Peugeot 208 com motor 1.2 turboflex de 130 cv para brigar com o Volkswagen Polo 200 TSI vai tomar um balde d'água fria. Segundo as informações, o hatch compacto não deverá ter esta configuração no Brasil, pelo menos em seu primeiro ano de vida.

Segundo fontes, o modelo será lançado até setembro, com produção na Argentina, trazendo sob o cofre apenas um tipo de motorização: 1.6 quatro-cilindros aspirada flex com duplo comando de válvulas e variação apenas na admissão, rendendo 115/118 cv (gasolina/etanol) e 16,1 kgfm (qualquer combustível).

Conhecido como TU5EC5, este motor é um velho conhecido dos mecânicos no Brasil. Trata-se de uma evolução do TU5JP4 (e sua derivação posterior, JP4S) usado pelo avô do 208, o Peugeot 206, desde sua chegada ao país, no fim dos anos 90. Portanto, estamos falando de um carro totalmente novo, que marca a estreia da plataforma modular CMP na América Latina, aliado a um propulsor cuja base tem mais de 20 anos.

Para fazer o 1.6 caber no cofre do hatch, que na Europa recebe apenas motores turbinados de menor deslocamento, a divisão local da PSA teve de reposicionar componentes internos, como coletores e virabrequim, a fim de compactar suas dimensões. E, como já acontece com os atuais 208 e Citroën C3, terá um sistema de pré-aquecimento que dispensa o uso de tanquinho para partidas a frio.

O novo 208 será oferecido provavelmente em três versões de acabamento: Active, Allure e Griffe.

Também está pronta uma versão de cunho esportivo, chamada GT Line, dotada do já mencionado 1.2 turboflex, mas seu lançamento é incerto. Já o 1.2 aspirado de 84/90 cv do atual 208 será abandonado pela Peugeot, ficando restrito aos Citroën nacionais.

O novo 208 tem boas chances de ser vendido numa configuração 100% elétrica, chamada e-208. Ela rende 136 cv e 26,5 kgfm (mais torque do que os 25,5 kgfm do esportivo VW Polo GTS), com autonomia declarada de 340 km no ciclo WLTP (global) e possibilidade de recarga rápida de até 80% da bateria em meia hora.

Fonte: UOL

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium