Terça, 22 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro
[email protected]
86 9 9834-2372
Radar Político

Radar Político

Radar Político Últimas notícias, entrevistas, reportagens e análises sobre o que acontece na política.

[email protected]

86 9 9834-2372

Política - Fraude

Postada em 17/07/2020 ás 10h26 - atualizada em 17/07/2020 ás 10h49

Publicada por: Francine Dutra

CGU decide demitir servidores que fraudaram auxílio
Ministro Wagner Rosário afirmou que serão poupados apenas trabalhadores alvos de golpes.
CGU decide demitir servidores que fraudaram auxílio

Foto: Reprodução

Após constatar que 396.316 servidores fraudaram o auxílio emergencial de R$ 600 que deveria ser pago pelo governo a trabalhadores informais e pessoas com baixa renda, o governo, por meio da Controladoria Geral da União (CGU) decidiu pedir a demissão dos profissionais que fraudaram o sistema.

De acordo com o ministro Wagner Rosário, o governo irá “separar o joio do trigo” para depois “literalmente, cortar cabeças”. O ministro também garante que serão poupados aqueles cujos nomes e CPFs foram usados por golpistas.

Servidores que embolsaram os R$600 serão demitidos a bem do serviço público e responderão por crimes como peculato e falsidade ideológica. Entre os 396.316 agentes públicos que afanaram quase R$280 milhões estão 17.551 militares da União.

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium