Terça, 29 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro 3
[email protected]
86 99921-3244
DOUGLAS FERREIRA

DOUGLAS FERREIRA

O Repórter e o Fato Douglas Ferreira é jornalista profissional e bacharel em Direito. Foi secretário de Comunicação em Caxias, no Maranhão e assessor de imprensa da CNBB e do Tribunal de Justiça do Piauí. Reportou para os portais AZ e 180 graus. Foi repórter das TVs Clube e Meio Norte e há 17 anos é repórter titular da TV Antena 10. Email:[email protected]

[email protected]

86 99921-3244

Piauí - Francisco de Jesus

Postada em 20/07/2020 ás 16h22

Publicada por: O Repórter e o Fato

Francisco de Jesus é absolvido de acusação de violência doméstica
Francisco de Jesus afirmou que 'já esperava este resultado'.
Francisco de Jesus é absolvido de acusação de violência doméstica

Foto: Reprodução

Francisco de Jesus Lima foi denunciado por sua ex-namorada em junho de 2019, na Cidade de Piripiri/PI. Instaurada investigação criminal, o Ministério Público do Estado do Piauí, em decisão assinada pela Procuradora Geral de Justiça do Estado, Doutora Carmelina Moura, acolhendo parecer da comissão processante, determinou o arquivamento das investigações, por ausências de condutas e provas mínimas que pudessem ensejar a propositura de ação penal.

Procurado por nossa reportagem, Francisco de Jesus afirmou que “já esperava este resultado, sempre estive cônscio da minha inocência".

O promotor asseverou ainda que, "há 13 anos atuo com austeridade na aplicação da Lei Maria da Penha, promovendo ações de fiscalizações, repressivas e preventivas no combate à violência doméstica e familiar contra mulher. Isso gera insatisfações e sentimentos de vinganças de grupos e pessoas.”

Promulgada em agosto de 2006, a Lei Maria da Penha cria mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra as mulheres. Mais que isso, encoraja a mulher agredidaa fazer a denúncia, desde que verdadeira.

A utilização da Lei Maria da Penha como vingança pessoal não é algo recente, a exemplo, o caso do jogador Neymar Jr. O caso foi traduzido na charge de Izânio Façanha.

Especialistas há décadas estudam o caso, introduzindo-o no campo da Criminologia com o rótulo de “Síndrome da Mulher de Potifar”. Uma alusão à passagem bíblica no capítulo do Gênesis, entendida como estado psicológico capaz de produzir sentimento de ódio e vingança. É quando a mulher acusa falsamente alguém, geralmente impulsionada por rejeições e discórdias.

Procurada por nossa reportagem, Cristina Santos Freitas não atendeu nossas ligações.

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium