Terça, 22 de Junho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

26°

22° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Famosos
Famosos
Tudo sobre o mundo das celebridades.
Entretenimento Polêmica
31/07/2020 09h20 Atualizada há 11 meses
Por: Francine Dutra

Ministério Publico investiga show de Jorge e Mateus após aglomeração

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

As imagens de aglomeração durante show no último sábado (25) da dupla Jorge e Mateus repercutiram tão mal que os cantores se sentiram na obrigação de se pronunciar sobre o episódio. Os sertanejos divulgaram uma nota em que afirmam não concordar com os fatos ocorridos no Lago Paranoá. As cenas repercutiram nas redes sociais.

Em nota, a assessoria da dupla sertaneja informou que Jorge e Mateus foram contratados para apresentar o evento, que “ocorreu dentro de um complexo hoteleiro, com a plateia em seus quartos, sem acesso às áreas comuns e sem trânsito de pessoas”.

“Ressalta-se que Jorge e Mateus somente concordaram com a contratação para a realização da live após a comprovação e garantia dos organizadores de que haveria o cumprimento das normas de segurança em relação à saúde de todos e mediante apresentação de todos os documentos dos órgãos da administração pública que autorizasse a realização do evento – o que foi feito”, disse ainda.

Continua depois da publicidade

No entanto, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) apura indícios de irregularidades no evento, como a falta de licenciamento para que o show ocorresse.

O Ministério Público de Contas do DF (MPC) também entrou com representação contra o evento. No documento, o procurador-geral Marcos Felipe Pinheiro Lima pede que o Tribunal de Contas do DF (TCDF) apure possíveis transgressões aos princípios da legalidade, da eficiência, da razoabilidade e do interesse público.

O MPC apurou se o evento tinha autorização para ocorrer e, segundo aponta, não foram encontradas autorizações da Administração Regional do Plano Piloto nem do Corpo de Bombeiros Militar.

Festa exclusiva

Os músicos declararam que a festa era exclusiva para os hóspedes do hotel, “sendo que aqueles que estavam em embarcações no Lago Paranoá não tinham qualquer tipo de acesso à apresentação da live, inclusive visual”.

“Entretanto, as imagens do lago vêm sendo veiculadas num contexto em associação à imagem da dupla Jorge e Mateus, o que leva à falsa impressão de que o show estava sendo realizado para as embarcações presentes no Lago Paranoá, o que já foi dito que não ocorreu”, emendou a assessoria.

Os representantes ainda afirmaram que “nenhum dos artistas concordam com aglomerações e também não tinham conhecimento do que estava ocorrendo neste lago”. “Por fim, lamentamos profundamente por todas as vidas perdidas para a Covid-19, inclusive as de familiares e de pessoas próximas a nós”, concluiu.

Apesar das declarações, imagens do show, que estão disponíveis no YouTube da dupla, mostram Jorge saudando o público no lago. Com 27 minutos de apresentação, ele se vira para o Lago Paranoá e cumprimenta os presentes: “Nossa, está cheio de gente aí”. Em outro momento, com cerca de meia hora de espetáculo, o artista dispara: “A gente se vê na praia, na piscina e no lago”.

Fonte: Metrópoles
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp