Domingo, 27 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Camanha ProPiauí Julho
[email protected]
86 9 9834-2372
R10 Pet

R10 Pet

R10 Pet Tudo sobre o mundo dos pets.

[email protected]

86 9 9834-2372

Saúde - Higiene da ave

Postada em 03/08/2020 ás 11h10

Publicada por: Francine Dutra

Calopsita como pet: conheça as maneiras corretas de limpar a ave
Veja alternativas para ajudar a calopsita a estar sempre limpinha sem colocá-la em risco.
Calopsita como pet: conheça as maneiras corretas de limpar a ave

Foto: Reprodução

Calopsitas dóceis, fofas e bem espertas. Quem tem uma ave dessa sabe que há alguns cuidados essenciais que elas exigem para manter seu bem estar e conforto , e um deles é em relação à limpeza.

De acordo com Erika Hayashi, médica veterinária especializada em animais silvestres e exóticos e dona dos sites Reino Silvestre e Paraíso Silvestre, as calopsitas usam aproximadamente 60% do seu tempo para se limpar utilizando o bico e limpando principalmente as penas das asas e a cauda. Mesmo assim, para mantê-las totalmente limpinhas, há alternativas que podem ser feitas pelo tutor.

Primeiro, é importante perceber o momento certo para a limpeza da ave. Erika afirma que é ideal ela que seja feita em um dia de sol para que a calopsita fique aquecida, já que ela se seca naturalmente. Além disso, a gaiola ou banheira da ave deverá ser posicionada entre o sol e a sombra, para que a ave escolha a temperatura que desejar.

Partes íntimas do animal, como a cloaca (por onde as calopsitas realizam suas necessidades) exigem uma atenção maior. Quando a ave eliminar os resíduos pelo orifício, o ideal é que o tutor lave a região, pois vestígios restantes podem comprometer a saúde do pássaro.

O banho seguro para a ave é em uma banheira com altura aproximada de 2 dedos para que ela não se afogue e consiga sair quando quiser. A largura deve ser de tamanho suficiente para caber até sua cauda.

"Uma dica é usar uma bandeja plástica nessas medidas", afirma Erika."A altura da água nunca deve ultrapassar o corpo todo da ave para ela ter autonomia de entrar e sair com segurança".

A frequência do banho pode ser de 2 a 3 vezes na semana.

Fonte: Canal do Pet

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium