Sábado, 26 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
86 9 9834-2372
R10 Utilidade Pública

R10 Utilidade Pública

Utilidade pública Tudo sobre utilidade pública.

[email protected]

86 9 9834-2372

Geral - Em Teresina

Postada em 11/08/2020 ás 09h19 - atualizada em 11/08/2020 ás 09h28

Publicada por: Geysa Silva

Academias devem readequar ambientes antes da reabertura
Medidas foram definidas em reunião entre o prefeito e o Sindicato do setor
Academias devem readequar ambientes antes da reabertura

Foto: Divulgação

O prefeito Firmino Filho recebeu, nesta segunda-feira (10), representantes do Sindicato dos Proprietários de Academias do Estado do Piauí para discutir a reabertura destes estabelecimentos na capital. Durante a reunião, ficou acordado que os empresários da área, juntamente com o sindicato da categoria, apresentarão uma proposta com um novo modelo de estabelecimento, que prioriza espaços abertos e ofereça menos riscos de contaminação pelo novo coronavírus.

A proposta inicial é mudar o modelo adotado na quase totalidade das academias em Teresina, que funcionam em espaços fechados e com ar condicionado. O recomendável é que, com a pandemia, a atividade utilize ambientes mais abertos, que facilitem a circulação de ar e minimizem os riscos para quem trabalha e frequenta esses locais.

O prefeito afirmou que vai aguardar a proposta que será apresentada ao Comitê Gestor de Medidas para Enfrentamento da Pandemia Coronavírus – COVID-19 e vai avaliar a viabilidade de aplicação dela em Teresina. “Todo esse processo de reabertura tem sido feito em conjunto com as entidades ligadas a cada setor. Nosso objetivo maior é fazer uma retomada segura, sem risco para os empresários ou para os clientes”, disse.

Para o empresário Eugênio Fortes, representante do Sindicato dos Proprietários de Academias do Estado do Piauí, as academias precisam se readequar ao novo normal, assim como os demais estabelecimentos. “Vamos ter que viver com esta nova realidade. Como as academias estavam, elas não têm como continuar. É ideal que seja feita uma readequação”, afirmou.

A proposta será elaborada em conjunto com a Universidade Federal do Piauí, que dará parecer técnico sobre a viabilidade de aplicação do novo modelo. “A Universidade entende que atividade física é necessária para a saúde das pessoas, inclusive para a saúde mental, e o que se tem que fazer é repensar novos espaços neste novo normal, novas formas e possibilidades de práticas de atividade física em ambientes que sejam semelhantes a espaços abertos. Hoje, a estrutura das academias não oferece a segurança necessária, mas há a possibilidade de se construir uma reabertura priorizando a saúde das pessoas”, ressalta Emídio Matos, professor do curso de Educação Física da UFPI, que também estava na reunião.

Fonte: Ascom PMT

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium