Sábado, 19 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro 3
[email protected]
86 9 9834-2372
R10 Policial

R10 Policial

R10 Policial Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.

[email protected]

86 9 9834-2372

Polícia - 'Operação Caligo'

Postada em 02/09/2020 ás 07h50 - atualizada em 02/09/2020 ás 12h47

Publicada por: Francine Dutra

PF deflagra operação e cumpre mandados na FMS e distribuidoras de Teresina
A investigação apura fraudes em contratos emergenciais entre a FMS e duas empresas.
PF deflagra operação e cumpre mandados na FMS e distribuidoras de Teresina

Foto: Reprodução/PF

A Polícia Federal deflagrou no início da manhã desta quarta-feira (02), a Operação Caligo, com objetivo de cumprir 10 mandados de busca e apreensão em Teresina.

A investigação apura fraudes em contratos emergenciais entre a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina e as empresas Distrimed e Fermac, fornecedoras de EPIs, kit de testes IGG/IGM, insumos e equipamentos hospitalares para enfrentamento à pandemia causada pela Covid-19.

A investigação da PF aponta que desde março de 2020 foram firmados, mediante dispensa de licitação, diversos contratos emergenciais entre a Fundação Municipal de Saúde e duas empresas para o enfrentamento à pandemia, custeados com recursos do FNS e Ministério da Saúde, que totalizam, em valores empenhados até julho/2020, R$ 17.427.171,53.

De acordo com a PF, há fortes indícios de superfaturamento, com margem de lucro de mais de 400%, gerando um lucro bruto de aproximadamente mais de R$ 4,5 milhões de reais. A polícia destaca que este valor seria suficiente para construir um hospital de campanha completo.

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal no Piauí. As ordens judiciais cumpridas têm o intuito de aprofundar as investigações acerca de irregularidade dos processos de dispensa de licitação, além de obter informações quanto ao recebimento dos produtos negociados entre as empresas e a FMS. Cerca de 50 policiais federais e sete auditores da Controladoria Geral da União participam da operação. 

Caligo é um termo extraído do latim e significa névoa. A escolha do nome da operação deu-se em referência à ausência de publicidade de contratos,empenhos,pagamentos investigados nos portais de transparência.

O OUTRO LADO

A equipe do R10 tentou entrar em contato com as duas empresas citadas, mas não obteve resposta. O portal está aberto a esclarecimentos sobre a situação.

A FMS divulgou uma nota informando que prestará todos os esclarecimentos para o processo investigativo. “A direção da Fundação Municipal de Saúde informa que está a disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos necessários e pronta para colaborar com o processo investigativo. Ressalta também que todas as medidas foram adotadas com base nas circunstâncias vividas em todo mundo durante a pandemia, sempre com o compromisso de preservação do interesse público e da vida dos Teresinenses”

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium