Quarta, 23 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Educa Mais Full Banner
[email protected]
86 9 9834-2372
Saúde

Saúde

R10 Saúde Encontre aqui notícias sobre saúde e bem-estar.

[email protected]

86 9 9834-2372

Internacional - Autorização

Postada em 11/09/2020 ás 09h23 - atualizada em 11/09/2020 ás 10h48

Publicada por: Francine Dutra

Covid-19: China autoriza testes em humanos de vacina por spray nasal
Estudos pretendem fornecer dupla imunidade, contra gripe e covid-19.
Covid-19: China autoriza testes em humanos de vacina por spray nasal

Foto: Reprodução

A China autorizou o início de testes clínicos em humanos de mais uma possível vacina contra o novo coronavírus - esta seria a única candidata em todo o mundo a ser administrada por spray nasal em vez de injeção, informou o portal de notícias Sina nesta sexta-feira (11).

Depois de receber aprovação da Administração Nacional de Produtos Médicos, este imunizante começará a primeira fase de estudos em novembro com uma centena de voluntários na cidade costeira de Dongtai, na província oriental de Jiangsu. O projeto foi desenvolvido em conjunto pelas universidades de Xiamen e Hong Kong e a empresa de biotecnologia de Pequim Wantai.

Os especialistas citados pela imprensa estatal afirmam que a conclusão das três fases de testes levaria pelo menos um ano. Mas, se eficaz, a vacina poderia oferecer uma "dupla imunidade" contra o coronavírus causador da covid-19 e da gripe.

A razão para isso é que fragmentos da espícula (proteína que forma a "coroa" e dá nome ao agente infeccioso) do SARS-CoV-2 têm sido usados ??em vírus atenuados da gripe comum.

Os pesquisadores do projeto esperam que, ao administrar a vacina por spray nasal, a via habitual de infecção dos vírus respiratórios, seja induzida uma resposta imunológica, embora ainda não se saiba se a proteção duraria mais ou menos do que se fosse injetada.

Por enquanto, são esperados apenas efeitos colaterais leves, como rinorréia (congestão nasal), apesar de ser possível asma ou falta de ar. Se bem-sucedido, esse método facilitaria as campanhas de vacinação e também seria mais fácil de produzir, aponta o jornal oficial Global Times.

Fonte: Estadão

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium