Quarta, 23 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro
[email protected]
86 9 9834-2372
R10 Maternidade

R10 Maternidade

R10 Maternidade Acompanhe as principais notícias sobre Maternidade.

[email protected]

86 9 9834-2372

Geral - Gestação

Postada em 16/09/2020 ás 11h50 - atualizada em 16/09/2020 ás 11h58

Publicada por: Marina Sousa

8 dicas preciosas para reduzir o enjoo na gravidez
É importante entender que, durante a gestação, o corpo da mulher muda.
8 dicas preciosas para reduzir o enjoo na gravidez

Foto: Reprodução

Responsáveis, muitas vezes, por alertar e anunciar a gravidez, os enjoos são muito comuns durante a gestação. Começando, geralmente, na 4ª semana e podendo persistir até o final da gravidez, este é um sintoma clássico, normal na vida da maioria das futuras mamães, em diferentes intensidades. Aí, lá vão elas buscar dicas e receitinhas milagrosas para aliviar o mal estar…

Por que o enjoo acontece?

Primeiro, é importante entender que, durante a gestação, o corpo da mulher sofre muitas mudanças:

As alterações hormonais aumentam a concentração de ácido no estômago e torna a digestão mais lenta, o crescimento do útero empurra o estômago para cima, provocando queimação na garganta, e o estresse e o medo também contribuem para que o enjoo aconteça.

Mas como evitar enjoo na gravidez?

Assim, ainda que não exista nenhuma receita milagrosa ou fórmula mágica que acabe de uma vez por todas com o mal estar das grávidas, nós trouxemos aqui 8 dicas que podem te ajudar se você está passando por este momento (lembrando que, caso o sintoma persista em alta intensidade, é importante consultar seu médico). Confira:

1. Evitar cheiros e comidas fortes ou que causem náusea.

Durante a gestação, as mulheres tendem a ficar mais sensíveis a sabores e odores, por isso, evite, na medida do possível, cheiros e comidas com odores muito fortes que possam ou que já causaram náusea.

2. Preferir o consumo de alimentos mais frios e menos temperados.

Opte por alimentos leves, não muito temperados e em temperatura ambiente, ou frios, assim eles exalam menos cheiro e causam menos mal estar.

3. Deixar uma bolacha, lanchinho ou água com sal sempre a mão para ingerir ao acordar.

Ao acordar pela manhã, ingerir algum alimento leve e aguardar uns 20 ou 30 minutos, para então se levantar da cama.

4. Fazer refeições pequenas de 3 em 3 horas.

O estômago vazio piora a náusea, por isso evite ficar muitas horas sem comer. Coma com intervalos curtos e regulares, nem que seja uma fruta ou uma barrinha de cereal.

5. Incluir gengibre na alimentação.

Comer um pedacinho de gengibre ou chupar balas de gengibre ajuda na hora da digestão, diminuindo a irritação da parede do estômago.

6. Se manter hidratada.

Água é sempre o melhor remédio! Beba água de tempo em tempo, mas evite beber líquidos durante as refeições.

7. Praticar exercícios de acordo com a indicação médica.

Se movimentar é sempre bom, colaborando com a qualidade de vida e o bem estar. E isso não seria diferente durante a gestação. Mas vale lembrar que é importante consultar o seu médico.

8. Cheirar limão ou chupar um picolé de limão.

O limão pode ajudar a amenizar a náusea. Por isso, uma dica é tomar chá gelado com limão, colocar rodelas de limão na água com gás, chupar um picolé ou, até, cheirar o limão.

Fonte: Blog leiturinha

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium