Terça, 27 de Outubro de 2020
86 9 8877-6606

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 98877-6606

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

32°

25° 37°

Teresina - PI

Últimas notícias
Tecnologia
Tecnologia
Todas as informações sobre tecnologia no mundo.
Tecnologia Tecnologia
29/09/2020 10h57
Por: Bruna Sampaio

Twitter lança envio de áudio por mensagem privada no Brasil

DMs em áudio poderão até ser denunciadas para coibir abuso.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Twitter vai implementar no Brasil o recurso de mensagens privadas por voz. As populares “DMs” (direct messages, no nome oficial em inglês) serão inauguradas aqui como um teste de campo antes de serem distribuídas a outros países no mundo.

A informação vem de Alex Ackerman-Greenberg, que confidenciou ao site americano The Verge que o recurso deve chegar por aqui “logo”, mas sem necessariamente se comprometer com uma data. Mais além, o executivo conversou com o The Verge por meio de um áudio enviado via DM. Entretanto, pelo blog oficial, o Twitter confirmou que a ferramenta já se encontra disponível para usuários brasileiros desde as 16h de hoje (28) - com a ressalva de que, embora todos possam ouvir as mensagens, a gravação de áudio só poderá ser feita por dispositivos iOS. O perfil também divulgou a novidade em um tuíte, logo abaixo:

“Nós sabemos que as pessoas querem mais opções para poderem se expressar nas conversas via Twitter — tanto publicamente como em caráter privado”, disse Ackerman-Greenberg. Segundo as informações divulgadas, a função é bem “crua”, apresentando apenas um botão para reprodução do áudio recebido, com a imagem de perfil de quem o mandou alinhada no canto da janela. Há também um botão para denunciar a mensagem, para o caso de alguém tentar veicular conteúdos abusivos - algo com que o Twitter luta quase que diariamente.

Os áudios via DM serão a segunda tentativa do Twitter de trabalhar com esse tipo de mídia: em junho deste ano, a rede social de microblogs liberou, para usuários do iOS, a possibilidade de “tuitar pela voz”, mas atraiu críticas ao lançar a ferramenta de forma tão primária, que falhou em considerar questões de acessibilidade: pessoas com deficiência auditiva, por exemplo, acabaram negligenciadas pela novidade.

“Nós lançamos algo que não deveria ter sido lançado sem termos essa conversa”, disse o chefe de design do Twitter, Dantley Davis, em uma entrevista recente ao site Protocol. “Agora, nós temos um time de acessibilidade trabalhando nisso 24h por dia junto do time de desenvolvimento de produtos. Nós também mudamos nosso processo de criação de ferramentas, para que a acessibilidade seja sempre considerada até mesmo durante a conceitualização de funções”.

Continua depois da publicidade

A novidade já havia sido antecipada anteriormente, no dia 24, quando o pesquisar e especialista em redes sociais Alex Navarra falou do recurso pela primeira vez, então o anúncio de hoje pode ser visto mais como uma formalização de algo que já era esperado. Entretanto, ainda não se sabe se ou quando as funções de áudio serão liberadas a usuários Android.

Com essas mudanças, o Twitter espera tornar-se mais democratizado frente às críticas que sofreu, além de se colocar mais próximo de recursos já presentes em seus concorrentes: o Facebook, por meio de seus mensageiros instantâneos WhatsApp e Messenger, além do Instagram, já permite o envio de mensagens em áudio há anos.

Fonte: Olhar digital
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®