Sexta, 30 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

28°

23° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Desaparecimento
08/10/2020 14h09 Atualizada há 10 meses
Por: Marina Sousa

Família pede ajuda para encontrar jovem desaparecido no Piauí

Um jovem identificado por Pedro Henrique de Alencar, de 20 anos de idade, está desaparecido desde a última segunda-feira, dia 05, na cidade de Alto Longá, a 80km de Teresina.

Segundo familiares ouvidos pelo portal Em Foco, Pedro Henrique saiu de casa por volta das 17hs dizendo que ia sacar um Auxilio Emergencial em um estabelecimento da cidade. Populares disseram à família que Pedro Henrique não conseguiu sacar o Auxilio e foi visto pela última vez por volta das 18hs.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O rapaz andava em uma motocicleta e o veículo também desapareceu.

Segundo a família, há boatos pela cidade de que uma pessoa viu o rapaz sendo torturado e disparos de arma de fogo teriam sido ouvidos em seguida. A família disse que a informação já foi repassada para a polícia;

Um boletim de ocorrência foi registrado na terça-feira.

FAMILIA PEDE AJUDA ÀS AUTORIDADES

Familiares contaram que o rapaz se envolveu em uma discussão com uma pessoa um dia antes do desaparecimento, mas não podem afirmar que os casos tenham relação.

“Não temos informações de que ele andasse sendo ameaçado por alguém, mas já saiu várias histórias. Já disseram que o corpo está enterrado em uma mata, mas ninguém faz nada. A polícia faz pouco caso, me destratou quando eu fui lá [na delegacia]. Quero pelo menos o corpo do meu filho” disse a mãe do jovem.

A mãe tem vários problemas de doenças e já foi hospitalizada e está sob efeito de medicamentos.   

“Tem história que está morto em uma mata fechada, mas ninguém vai ao local, não fazem nada. Fui mal tratada, humilhada. Mandam eu voltar pra casa e rezar. Ele é um ser humano. Eu tenho direito de velar o corpo do meu filho. Não estou acusando ninguém, mas preciso de ajuda. Estou dopada, já fui ao hospital e preciso que alguém me ajude” desabafou a mãe.

O QUE DIZ A POLÍCIA

O delegado Paulo Nogueira, da Gerência de Polícia Metropolitana de Teresina, que responde pela 15º Delegacia da Polícia Civil de Alto Longá-PI. Contou que esteve na cidade na quarta-feira, e passou o dia todo envolvido na diligência junto com policiais militares. Segundo ele, todas as informações repassadas pelos familiares foram checadas.

“Fui pessoalmente aos locais onde supostamente o corpo foi desovado, mas nada se confirmou. O que há é uma família apreensiva, uma mãe angustiada e preocupada com o desparecimento do filho. As diligências para localiza-lo continuam; a pessoa que supostamente teria visto algo já foi ouvida e não tem nada de concreto. Não é verdade que a polícia tenha ficado omissa. Num primeiro momento o policial pediu que aguardasse um pouco, por que não fazia nem 24 horas do desaparecimento” disse o delegado.

Paulo Nogueira disse que teve informações que o rapaz costuma ir para a região de São João da Serra, onde moram amigos, mas policiais da cidade vizinha já fizeram levantamentos e não conseguiram nenhuma informação.

Sobre possíveis gritos de pedido de socorro e tiros, o delegado disse que a testemunha foi ouvida, mas só disse ter visto alguém empurrando um carro de mão, e nenhum outro morador da região confirmou ter ouvido tiros.

O delegado disse ainda que pessoas que moravam em uma invasão em Alto Longá teriam se mudado para a região de São João da Serra e um dos moradores era muito amigo de Pedro Henrique e que o mesmo poderia estar com essas pessoas que ele costumava visitar, mas que sempre avisava a família.

“Essa é a angústia da mãe, pois ele sempre informava. Mas temos que aguardar. Ele pode ter ido se encontrar com amigos. O que possa ter acontecido fora disso já aconteceu e agora encontrar o corpo é consequência de outros fatos. Não temos nenhum suspeito. Sabemos que ele era usuário de drogas e pequenos delitos, mas não foi apontado ninguém que tenha alguma inimizade com ele” concluiu o delegado. Paulo Nogueira.

O delegado disse que estará em Alto Longá nessa tarde novamente.

Fonte: Em foco
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp