Segunda, 06 de Dezembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

29°

25° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
Sexo e Prazer
Sexo e Prazer
Tudo sobre o universo sexual.
Geral Orgasmo feminino
26/10/2020 09h28
Por: Marina Sousa

Saiba mais sobre o orgasmo dos seios e entenda como chegar lá

Por muito tempo subestimado e até desacreditado, o orgasmo feminino não só existe como tem doze tipos diferentes. Um deles é o mamário – orgasmo que ocorre em decorrência do estímulo da área dos seios.

Segundo a uroginecologista da plataforma Sexo Sem Dúvida Lilian Fiorelli, toda mulher é capaz de chegar ao orgasmo dos seios, que acontece por uma questão de condicionamento.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

“O orgasmo está mais na cabeça das pessoas. É uma sensação que acontece pelo acionamento de várias vias nervosas, e a mama é uma região bastante sensível, principalmente a aréola e o mamilo”, explica.

É importante frisar que, mesmo que a aréola e o mamilo sejam as partes mais sensíveis, todo o seio é erógeno e merece atenção. E nas carícias, vale tudo: beijos, lambidas, chupadas etc.

Ainda que toda mulher consiga atingir o orgasmo mamário, é importante saber que a sensibilidade da região pode variar de pessoa para pessoa, podendo ser satisfatória ou não.

E, de acordo com Lilian, o condicionamento a essa sensação vai depender dos estímulos usados, que, nesse caso, não se recomenda que sejam muito agressivos. “Não adianta chegar com muita sede ao pote em regiões com sensibilidade maior”, aponta.

A especialista compara a região mamária com o clitóris, que por ser muito sensível, se houver contato direto pode causar incômodo. Logo, o ideal é que a mulher já esteja excitada quando as carícias chegarem ao mamilo.

“Abusar dos beijos, abraços, jogos eróticos. Tudo isso aumenta a frequência cardíaca, a vasodilatação das mamas, a ereção dos mamilos, e deixa tudo mais gostoso. Claro que a mulher pode ficar excitada com o estímulo direto, mas ele vai precisar ser mais tranquilo e suave”, diz.

Sex toys

Para chegar ao orgasmo mamário, a especialista em sexualidade feminina sugere também o uso de sex toys. “Desde que consensual, tudo é válido. Tudo que você conseguir de estímulos táteis diferentes, como vibração, sucção e géis diferentes, é uma boa”, pontua.

E para as mulheres que têm dificuldade em se excitar com essa região, mas têm vontade de experimentar um orgasmo mamário, há formas de trabalhar a sensibilidade.

 

“Nesse momento o autoconhecimento é bem-vindo, o auto toque, a masturbação. Pode deixar a imaginação rolar, experimentar o toque seco, molhado, carícias diferentes, vibradores, ir variando para saber o que agrada mais”, diz.

A partir daí, a comunicação é a chave para levar a experiência ao relacionamento a dois. “Sabendo o que se gosta fica mais fácil ensinar para o(a) parceiro(a) o caminho das pedras”, explica.

Mas, independente de qualquer coisa, Lilian lembra que é fundamental estar com o psicológico alinhado com a sexualidade. “A parte psicológica precisa estar muito bem focada no sexo e naqueles estímulos, para que ela os sinta de uma forma mais intensa e se entregue”, finaliza.

Fonte: Pouca vergonha
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp