Sábado, 05 de Dezembro de 2020
86 9 8877-6606

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 98877-6606

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

26°

24° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Esportes
Esportes
Tudo sobre esportes no Piauí, Brasil e no Mundo.
Esportes Resumo da partida
29/10/2020 09h01
Por: Marina Sousa

Brenner faz dois gols, mas não salva São Paulo de derrota para o Lanús

Com o resultado, o Tricolor paulista precisa de um triunfo por 1 a 0 no Morumbi, na próxima quarta-feira (4).

Foto: Staff Images / CONMEBOL
Foto: Staff Images / CONMEBOL

O São Paulo foi derrotado por 3 a 2 pelo Lanús, da Argentina, na noite de hoje (28), pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana 2020. Brenner abriu o placar para o visitante no Estádio La Fortaleza, em Buenos Aires (ARG), e fez o segundo nos minutos finais. O mandante perdeu boas oportunidades, sobretudo no primeiro tempo da partida, mas conseguiu virar o marcador com dois gols de Sand e um de Quignón.

Com o resultado, o Tricolor paulista precisa de um triunfo por 1 a 0 no Morumbi, na próxima quarta-feira (4), para avançar às oitavas de final. Há o critério de gol fora de casa como desempate na competição continental.

Quem foi bem: Brenner

O atacante foi o jogador mais lúcido do setor ofensivo do São Paulo. Com bom posicionamento e qualidade nas finalizações, abriu o placar na primeira etapa após ótima jogada de Luciano e Tchê Tchê. Aos 79 minutos, o atacante recebeu cruzamento perfeito de Reinaldo e balançou a rede adversária novamente. A arbitragem, contudo, assinalou posição irregular do atleta em um lance muito duvidoso. Nos minutos finais, ele aproveitou sobra na entrada da área e deixou a sua marca. Com os gols assinalados, chegou à marca de 13 gols em 2020. Desde que assumiu a condição de titular, o atleta fez dez gols em sete partidas disputadas.

Continua depois da publicidade

Quem foi mal: Daniel Alves

Escalado mais uma vez para fazer a saída de bola do São Paulo, o camisa 10 não apareceu tão bem. Ele até acertou uma bola no travessão de Morales no segundo tempo da partida, mas encontrou dificuldades para criar jogadas pelo meio de campo. Ressalta-se que a dupla de meio-campistas ao seu lado — Igor Gomes e Gabriel Sara — não fez uma partida no Estádio La Fortaleza, em Buenos Aires.

Luciano engata sequência após problema físico e dá assistências

Luciano voltou a ser escalado como titular do São Paulo depois do problema físico na última semana. E o jogador teve novamente uma atuação convincente. Em boa jogada ainda no primeiro tempo, recebeu de Tchê Tchê e tocou para Brenner estufar a rede adversária. Na etapa final, evitou que Orozco fizesse um gol em cobrança de escanteio. Ele salvou o lance em cima da linha. O atacante fez o pivô para o segundo gol de Brenner, nos minutos finais.

Atuação do São Paulo

O São Paulo encontrou dificuldades para manter a posse de bola e criar jogadas em seu meio de campo, com Daniel Alves, Igor Gomes e Gabriel Sara. O trio foi bem marcado e pouco pôde acrescentar no visitante. Sem a participação ativa do trio, o time de Fernando Diniz apostou em jogadas pelos lados do campo, utilizando as saídas de Tchê Tchê pela direita e Reinaldo pela esquerda. A dupla foi quem mais buscou oportunidades pela equipe. Inclusive, foi em uma saída com o lateral direito que o Tricolor paulista abriu o placar ainda no primeiro tempo.

Continua depois da publicidade

Atuação do Lanús

Com o jogo baseado em Lucas Vera e Pedro De La Vega, o Lanús dominou as ações da partida desde o primeiro tempo. O time argentino criou boas oportunidades, mas parou na falta de pontaria dos homens de frente em alguns. Sand desperdiçou uma boa oportunidade na etapa inicial. O próprio Pedro De La Vega também cometeu erro em conclusão de jogada na primeira etapa. Na volta do intervalo, o time aproveitou um vacilo da defesa do São Paulo para balançar a rede de Volpi.

Cronologia do jogo

Brenner balançou a rede aos 13 minutos da etapa inicial. Ele recebeu de Luciano para marcar. No segundo tempo, aos 53 minutos, Sand deixou a sua marca. Di Plácido cruzou pelo alto, a bola desviou em Daniel Alves e sobrou com Sand na pequena área para marcar. Aos 79 minutos, a arbitragem assinalou impedimento em um gol de Brenner. O lance foi muito duvidoso e gerou reclamação por parte do São Paulo. José Sand virou o placar aos 84 minutos. Brenner deixou tudo igual aos 87, e Quignón voltou a deixar os argentinos em vantagem no fim, aos 91.

Fonte: Uol
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®