Quarta, 28 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

27°

22° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Turismo
Turismo
Notícias sobre turismo no Piauí, Brasil e Mundo.
Internacional Argentina
09/11/2020 15h21 Atualizada há 9 meses
Por: Bruna Sampaio

Buenos Aires reabre fronteira para turistas brasileiros

Há uma semana, desde o dia 30 de outubro, a Argentina reabriu as fronteiras para turistas de países limítrofes, dentre eles o Brasil. A flexibilização é vista pelo governo como um piloto, antes de permitir que visitantes de outros países desembarquem por lá. 

De acordo com o ministro argentino do Turismo e dos Esportes, Matías Lammens, o país espera que até o fim do ano 100 mil brasileiros visitem a Argentina, o que geraria cerca de 200 milhões de dólares ao local.

Buenos Aires foi apontada como a cidade mais cara da América do Sul (Foto: Flickr/ Creative Commons)
Buenos Aires foi apontada como a cidade mais cara da América do Sul (Foto: Flickr/ Creative Commons)

Para isso, entretanto, os turistas precisam apresentar resultado negativo de exame de PCR realizado dentro de 72 horas antes do embarque – o exame deve ser realizado, inclusive, por crianças e bebês. No desembarque do aeroporto internacional de Ezeiza, o turista terá apenas a temperatura aferida por câmeras com sistema infravermelho.

Continua depois da publicidade

Para o embarque, também será necessário preencher uma declaração legal (jurada) online dentro de 48 horas antes do embarque. O visitante precisará contratar um seguro de assistência médica que cubra serviços de internação e isolamento em caso de covid-19 para o período da viagem. Esta documentação dserá solicitada ao passageiro tanto no check-in como na entrada na Argentina.

Inicialmente, só está autorizada a circulação pela Área Metropolitana de Buenos Aires, que inclui a cidade de Buenos Aires, a Grande Buenos Aires, a Cidade de La Plata e a Grande La Plata.

E vale dizer que ônibus, metrô e trens públicos da Área Metropolitana de Buenos Aires continuam exclusivos para trabalhadores essenciais do país. Ou seja, não podem ser utilizados pelos turistas. Assim, a prefeitura recomenda que turistas se desloquem a pé, de bicicleta (há um sistema gratuito de bikes que funciona 24 horas) ou táxi – com uso obrigatório de máscara cobrindo boca e nariz.  

Fonte: GQ/Globo
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp