Domingo, 11 de Abril de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

31°

23° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Política Resumo do Dia
12/11/2020 23h07
Por: Jornalista Milton Atanazio

Quinta-feira, 12 de novembro – RESUMO DO DIA

O apagão já dura 10 dias no Amapá. Em meio à crise de abastecimento, o estado anuncia um novo rodízio e o TSE confirma o adiamento da eleição em Macapá
O apagão já dura 10 dias no Amapá. Em meio à crise de abastecimento, o estado anuncia um novo rodízio e o TSE confirma o adiamento da eleição em Macapá

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, indicados pelo jornalista Milton Atanazio, diretamente de Brasília.

JORNALISMO_CONGRESSO_OFICIAL.JPG

JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE

  • ABRACAM NOTÍCIAS –

Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!

Continua depois da publicidade

www.abracambrasil.org.br

  • FOCO NA POLÍTICA –

Um panorama da política nacional direto de Brasília

www.foconapolitica.com.br

  • BRAZILIAN NEWS –

O seu site de notícias de Brasília para o Mundo

www.braziliannews.com.br

  • PORTAL R10 – O seu portal de notícias

www.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasilia

  • Direto com o jornalista MILTON ATANAZIO

[email protected]


apagão já dura 10 dias no Amapá. Em meio à crise de abastecimento, o estado anuncia um novo rodízio e o TSE confirma o adiamento da eleição em Macapá. O presidente Jair Bolsonaro ameaça demitir quem propuser expropriação de terras como pena por crimes ambientais. E o mundo registra um novo recorde diário de casos e mortes por Covid-19.

Amapá no escuro

Manifestantes no Centro de Macapá reclamam de apagão e de falhas em rodízio de energia no Amapá - Caio Coutinho/G1 — Foto: Caio Coutinho/G1Manifestantes no Centro de Macapá reclamam de apagão e de falhas em rodízio de energia no Amapá – Caio Coutinho/G1 — Foto: Caio Coutinho/G1

10 dias: desde 3 de novembro, quase 90% da população do Amapá sofre com a precariedade no fornecimento de energia elétrica. O apagão tem gerado transtornos no abastecimento de água e na manutenção de alimentos. O estado passou está operando com um esquema de rodízio. No entanto, moradores reclamam que o fornecimento de luz não ocorre pelo tempo prometido. Protestos acontecem diariamente na capital e no interior, e o Tribunal Superior Eleitoral confirmou o adiamento da eleição na capital Macapá.

Entenda as causas e consequências da falta de energia no estado no vídeo abaixo.

Entenda o apagão no Amapá em 6 pontosEntenda o apagão no Amapá em 6 pontos
VÍDEO http://g1.globo.com/ap/amapa/amapa-tv/videos/v/entenda-o-apagao-no-amapa-em-6-pontos/9002504/
  • Ainda sem data definida, eleição na capital terá reforço de PMs do interior
  • Valdo Cruz: senadores querem adiar pleito em todo o estado
  • Novo rodízio altera intervalos sem energia por regiões; veja horários
  • Camarotti: Alcolumbre pede à PF e ao MPF apuração sobre incêndio

Crimes ambientais

Bolsonaro ameaça demitir quem propuser expropriação de terrasBolsonaro ameaça demitir quem propuser expropriação de terras
VÍDEO  https://g1.globo.com/globonews/estudio-i/video/bolsonaro-ameaca-demitir-quem-propuser-expropriacao-de-terras-9018751.ghtml

Uma proposta do Conselho Nacional da Amazônia Legal, comandando pelo vice-presidente Hamilton Mourão, quer expropriar áreas com desmatamento e queimadas ilegais. A ideia constava em um documento do órgão enviado a diversos ministros do governo, a fim de informar a programação do conselho. Nesta quinta (12), o presidente Jair Bolsonaro classificou a ideia como delírio:

“Se alguém levantar isso aí, eu simplesmente demito do governo, a não ser que essa pessoa seja ‘indemissível'”, afirmou.

Após as críticas, Mourão disse que a proposta se tratava de um “estudo” que ainda passaria por análise de ministérios, como o da Agricultura, antes da avaliação final de Bolsonaro. Mourão reclamou da publicação da ideia pela imprensa, o que, segundo ele, gerou “um incômodo” com Bolsonaro. De acordo com o vice-presidente, a proposta foi divulgada “fora do contexto”.

  • Datafolha: 50% reprovam e 23% aprovam Bolsonaro na cidade de SP
  • No Rio, aprovação do presidente cai de 34% para 28%

???? Eleição 2020

Em uma iniciativa inédita, o G1 vai publicar textos com o resultado da eleição em cada uma das 5.568 cidades do Brasil com auxílio de inteligência artificial. Criado em conjunto com a área de Tecnologia da Globo, o modelo de automação conta com processamento de linguagem natural e vai permitir que sejam registrados, em formato de reportagem, os prefeitos eleitos e as disputas que irão ao 2º turno nos municípios.

  • Jogo eleitoral já tem 50 cidades; descubra qual candidato é a sua cara
  • Caneta, identidade e máscara: o que levar no dia da eleição
  • Candidaturas coletivas e compartilhadas se multiplicam, mostra levantamento da FGV
  • Eleição mais acirrada para vereador tem 40 candidatos por vaga

➖ Panorama Covid

Brasil registrou 926 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 164.332 óbitos desde o começo da pandemia. É o maior registro de vítimas em um dia desde 16 de setembro, o que pode ser reflexo de represamento de dados causado após problemas no sistema do Ministério da Saúde (e-SUS). Em casos confirmados, já são 5.783.647 infectados pelo coronavírus, com 34.640 desses registrados no último dia.

  • Eduardo Pazzuello agradece à imprensa e diz que Covid é uma doença ‘complicada’
  • Internações por Covid crescem em hospitais particulares de São Paulo

No mundo, a 2ª onda avança: um novo recorde diário de casos e mortes por coronavírus foi registrado, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. Foram 666.955 novos infectados e 12.220 óbitos na quarta (11). Em Roma, na Itália, as redes hospitalares enfrentam dificuldades e os hotéis trocaram turistas por pacientes. Na França, as internações já excedem as da 1ª onda.

  • Presidente da Ucrânia é hospitalizado com Covid-19
  • ???? Ouça no podcast O Assunto: a explosão de casos nos EUA

Laudo

Voluntário morreu por combinação de medicamentos que nada têm a ver com vacinaVoluntário morreu por combinação de medicamentos que nada têm a ver com vacina
VÍDEO  https://g1.globo.com/globonews/jornal-globonews-edicao-das-16/video/voluntario-morreu-por-combinacao-de-medicamentos-que-nada-tem-a-ver-com-vacina-9019011.ghtml

A causa da morte do voluntário que participava dos testes da vacina CoronaVac aconteceu por uma combinação de medicamentos que não têm relação com o imunizante. Foi uma intoxicação aguda por agentes químicos, segundo o laudo do exame toxicológico realizado pelo Instituto Médico Legal de São Paulo, obtido com exclusividade pelo jornalista César Tralli (veja vídeo acima).

A Anvisa suspendeu os testes da vacina na segunda-feira (9) por causa de ‘evento adverso’ em um voluntário. Na terça (10), a divulgação do boletim de ocorrência mostrou que a causa da morte desse voluntário foi suicídio. No dia seguinte, a agência liberou a retomada dos testes.

  • Bolsonaro indica tenente-coronel da reserva para cargo de diretor da Anvisa

Auxílio emergencial

Guedes: se houver 2ª onda de Covid-19, prorrogação do auxílio será 'uma certeza'Guedes: se houver 2ª onda de Covid-19, prorrogação do auxílio será ‘uma certeza’
O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta quinta que o governo prorrogará o auxílio emergencial se houver uma 2ª onda de Covid-19 no país. Segundo ele, este não é o “plano A”, mas a medida pode ser tomada como forma de “reagir” (veja no vídeo acima). O auxílio foi aprovado pelo Congresso para amenizar as perdas de trabalhadores informais afetados pela pandemia.

“Existe possibilidade de haver uma prorrogação do auxílio emergencial? Aí vamos para o outro extremo. Se houver uma segunda onda de pandemia, não é uma possibilidade, é uma certeza. Nós vamos ter de reagir, mas não é o plano A. Não é o que estamos pensando agora”, disse Guedes.

No evento promovido pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o ministro voltou a citar o imposto sobre transações financeiras como uma forma de compensar a desoneração da folha de pagamentos de empresas.

  • Ana Flor: técnicos do governo não creem em 2ª onda que exija auxílio emergencial

Alvo de denúncia

Frederick Wassef confessa que deu abrigo a Fabrício Queiroz — Foto: Rede GloboFrederick Wassef confessa que deu abrigo a Fabrício Queiroz — Foto: Rede Globo

Frederick Wassef, ex-advogado da família do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), foi acusado de injúria racial por uma funcionária de uma pizzaria em Brasília. Em depoimento à polícia, a atendente disse que foi chamada de “macaca” após o advogado reclamar que a pizza “não estava boa”.

“Você é uma macaca! Você come o que te derem”, disse Wassef em voz alta, de acordo com o boletim de ocorrência.

O caso teria ocorrido no último domingo (8), no Setor de Clubes Sul, e foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia, na Asa Sul. A denúncia foi revelada pela revista Veja. A funcionária da Pizza Hut afirma ainda que já havia sido “muito humilhada” por ele em outras ocasiões. Wassef nega o ocorrido: “Tudo que foi dito são mentiras e calúnias”.

  • Quem é Frederick Wassef, ex-advogado da família Bolsonaro
  • Andréia Sadi: advogado nega manter contato com presidente

Descriminalização

Manifestante participa de protesto pela liberação do cultivo da maconha em Buenos Aires, na Argentina, em maio de 2017 — Foto: Juan Mabromata/AFPManifestante participa de protesto pela liberação do cultivo da maconha em Buenos Aires, na Argentina, em maio de 2017 — Foto: Juan Mabromata/AFP
O governo da Argentina legalizou o cultivo de maconha para consumo próprio e com fins medicinais. Os argentinos vão poder cultivar a planta individualmente ou em grupos. O uso recreativo da droga segue proibida no país. Desde 2017 havia uma lei no país que autorizava o uso de natureza médica, mas agora a população cadastrada em um programa ligado ao Ministério da Saúde terá a opção de plantar ou de comprar óleos de cannabis em farmácias. Leia mais.

“Não podemos adiar a criação de um marco regulatório que permita o acesso seguro e inclusivo a quem quiser usar a cannabis como ferramenta terapêutica”, diz o documento.

Economia brasileira ????

O setor de comércio e serviços foram os mais afetados pela pandemia. — Foto: Secom/MTO setor de comércio e serviços foram os mais afetados pela pandemia. — Foto: Secom/MT
1,8% foi o avanço do setor de serviços em setembro, na comparação com agosto, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quinta. Apesar da 4ª alta seguida, o setor segue 8% abaixo do patamar de fevereiro e apresenta recuperação mais lenta do que a observada no comércio e na indústria.

O ganho acumulado de 13,4% em 4 meses foi insuficiente para compensar a perda de 19,8% entre fevereiro e maio. Segundo o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, para alcançar o patamar pré-pandemia o setor precisa avançar 8,7%.

  • Brasil é o 9º país com maior desigualdade do mundo

A Boa do Dia ????

Da esq. para a dir., Lica (Manoela Aliperti), Ellen (Heslaine Vieira), Keyla (Gabriela Medvedovski), Tina (Ana Hikari) e Benê (Daphne Bozaski) em 'As Five' — Foto: Fábio Rocha/TV GloboDa esq. para a dir., Lica (Manoela Aliperti), Ellen (Heslaine Vieira), Keyla (Gabriela Medvedovski), Tina (Ana Hikari) e Benê (Daphne Bozaski) em ‘As Five’ — Foto: Fábio Rocha/TV Globo

O reencontro mais esperado do ano vai acontecer: Keyla, Ellen, Lica, Tina e Benê estão de volta. “As Five”, série derivada de ‘Malhação’, estreia nesta quinta no Globoplay (com o 1º episódio aberto) e se passa seis anos depois do último encontro entre as amigas. Enquanto suas vidas voltam a se embaralhar na Grande São Paulo, o companheirismo, a afinidade e a afeição permanecem tão intensos quanto antes.

Ana Hikari é Tina em 'As Five' — Foto: Estevam Avellar/TV GloboAna Hikari é Tina em ‘As Five’ — Foto: Estevam Avellar/TV Globo

Agora, em meio às incertezas da vida adulta, os desafios são mais complicados, e a amizade faz com que elas se sintam mais fortes para enfrentar o que vem por aí. O G1 conversou com a atriz Ana Hikari sobre as inspirações e as mudanças de sua personagem, a Tina.Leia aqui.

O Assunto ????

www.abracambrasil.org.br

E MAIS...

EDIÇÃO COMPLETA COM VÍDEOS, FOTOS E LINKS

NO SITE www.foconapolitica.com.br

Fonte: G1
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®