Domingo, 26 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

34°

22° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
Cinema
Cinema
As últimas notícias do cinema, trailers e entrevistas, horários de filmes, e muito mais.
Entretenimento Cinema
18/11/2020 16h13
Por: Bruna Sampaio

Pânico: novo filme da franquia tem gravações encerradas e estreia em 2022

O quinto filme da franquia de terror Pânico encerrou as gravações em Wilmington (Carolina do Norte), em meio à pandemia do novo coronavírus. O anúncio da conclusão foi feito pelo roteirista e criador dos personagens da saga, Kevin Williamson, no Twitter, nesta quarta (18/11). Estreia em 14 de janeiro de 2022 nos cinemas dos Estados Unidos.

De volta como produtor executivo, Williamson disse que se Wes Craven estivesse vivo, “ficaria orgulhoso do filme que Matt e Tyler estão fazendo”. Craven (1939-2015), também famoso pela saga A Hora do Pesadelo, dirigiu todos os quatro capítulos anteriores da franquia que remexeu as bases do terror durante os anos 1990 e 2000.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Também retornam ao novo Pânico os três principais atores da saga, Neve Campbell (Sidney Prescott), Courteney Cox (Gale Weathers) e David Arquette (Dewey Riley). Além, claro, do assassino Ghostface.

Continua depois da publicidade

O quinto Pânico, que carrega o mesmo título do original, tem direção da dupla Matt Bettinelli-Olpin e Tyler Gillett, que assinou o terror Casamento Sangrento (2019). Guy Busick (Castle Rock) e James Vanderbilt (Zodíaco, Violação de Conduta) escreveram o roteiro.

O novo Pânico começou a ser filmado em setembro e teve que ser interrompido após três profissionais da equipe testarem positivo para o novo coronavírus. Ainda assim, a produção seguiu adiante e com celeridade nas gravações.

Entram no elenco nomes como Jack Quaid, Jenna Ortega, Mason Gooding, Dylan Minnette e Jasmin Savoy Brown.

Lançados entre 1996 e 2011, os quatro filmes da franquia Pânico arrecadaram US$ 608 milhões nas bilheterias mundiais. Com choque constante entre metalinguagem, slasher e humor debochado, os filmes renovaram o terror numa época em que o gênero andava em baixa — de crítica e público.

Fonte: Metrópoles
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp