Segunda, 06 de Dezembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

33°

25° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
Esportes
Esportes
Tudo sobre esportes no Piauí, Brasil e no Mundo.
Esportes Esporte
19/11/2020 10h57
Por: Marina Sousa

Aos 10 anos, filho de goleiro Bruno treina para ser jogador de futebol

Ofilho do goleiro Bruno Fernandes de Souza e da modelo Eliza Samúdio — assassinada pelo jogador de futebol em 2010 — continua os passos do pai no esporte.

Bruninho, como é chamado carinhosamente pela família, tem 10 anos de idade e treina em uma escola de futebol em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Em entrevista, a avó materna do menino, Sônia Silvia Moraes, conta que ele conquistou títulos em campeonatos estaduais e sub-12.

Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

A avó, que tem a guarda da criança, conta que o menino sempre teve interesse no esporte — antes mesmo de saber a profissão do pai e da condenação pelo assassinato de Eliza Samúdio. Ao Extra, a avó disse que o garoto soube do crime em 2019 e que a criança não tem vontade de conhecê-lo.

“Foi uma coisa inconsciente, nasceu dele, e não influência do pai. A mãe dele também foi goleira por 10 anos. Quando ele falou que queria ser goleiro, o levei a uma escolinha para uma aula experimental. No final do treino, o preparador disse que ele era um goleiro nato, que só precisava de treinamento. Ele leva jeito”, conta Sônia.

Com o sucesso em campo, Bruninho conseguiu uma bolsa integral de estudo e vaga de atleta na escola. O garoto tem um treinador de goleiro e personal.

Sônia afirmou que não gostaria que o menino fosse jogador de futebol, “mas é a escolha dele”. “Demorei um tempo para aceitar isso. A minha psicóloga falou que a gente não escolhe o que o outro quer ser, que temos que aconselhar e apoiar”, conta.

Condenação

Bruno Fernandes de Souza foi condenado a 22 anos e três meses de prisão pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio modelo, além do sequestro e cárcere privado do filho que teve com ela.

Desde julho de 2019, Bruno segue em regime semiaberto. Em julho deste ano, ele foi contratado pelo clube de futebol Rio Branco, do Acre.

Fonte: Metrópoles
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp