Terça, 26 de Janeiro de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

26°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Tragédia
27/11/2020 17h35 Atualizada há 2 meses
Por: Francine Dutra

Morre menina de 6 anos que caiu da janela de prédio

A mãe da criança afirmou que estava trabalhando em casa e desceu para entregar alguns documentos, deixando a filha dormindo no quarto.

Foto: Globo
Foto: Globo

A menina de 6 anos que caiu da janela do apartamento onde morava, por volta das 8h10 da manhã desta quinta-feira (26), em São Paulo, infelizmente não resistiu. O condomínio fica no bairro Raposo Tavares, na capital paulista. Segundo a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo, o óbito foi confirmado. De acordo com informações da Polícia Civil, quando os socorristas chegaram ao local, Eduarda ainda apresentava sinais vitais. O vigilante do condomínio contou que realizava a triagem de rotina quando a porteira do prédio alertou que havia caído uma criança do 7º andar. Ele e o zelador passaram a procurar pela menina e a encontraram no parapeito do 1º andar. O vigilante colocou uma escada e percebeu que ela ainda estava viva.

A mãe da menina, uma vendedora de 36 anos, afirmou que estava trabalhando em casa e desceu para entregar uns documentos, deixando a filha dormindo no quarto. Ela encontrou a empregada doméstica na portaria e avisou que a menina estava sozinha. Assim que chegou ao apartamento, a doméstica foi olhar a criança, mas ela não estava no quarto. Neste momento, foi até a lavanderia deixar a bolsa e ouviu a gritaria na parte de baixo do prédio. A suspeita é de que ela tenha caído desta janela, de uma altura de sete a dez metros. Eduarda foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgância (SAMU) ainda no local. "Ela foi encaminhada ao pronto-socorro com parada cardiorrespitatória", informou a assessoria de imprensa dos Bombeiros, em São Paulo. 

Ainda pela manhã, o Hospital Universitário da USP, onde a menina estava internada, informou que não tinha autorização para repassar informações sobre o estado de saúde da criança. No entanto, no início da tarde, a SSP confirmou a morte. No boletim de ocorrência consta apenas: "Óbito natureza morte suspeita". Foi solicitada perícia para o local, exame necroscópico e carro de cadáver para a criança. O caso foi registrado e será investigado no 75º DP como morte suspeita e abandono de incapaz.

Continua depois da publicidade
Fonte: Crescer
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®