Terça, 26 de Janeiro de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

23°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Política DESTAQUES DO DIA
30/11/2020 09h56
Por: Jornalista Milton Atanazio

30 de novembro, segunda-feira - DESTAQUES DO DIA

Os fatos que são destaques no cenário político nacional, direto de Brasília.

As eleições 2020 terminaram. Eleitores de 57 cidades brasileiras foram às urnas para votar no 2º turno.
As eleições 2020 terminaram. Eleitores de 57 cidades brasileiras foram às urnas para votar no 2º turno.
 

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado., destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília.


JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE
·         ABRACAM NOTÍCIAS –
Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!
www.abracambrasil.org.br
·         FOCO NA POLÍTICA –
Um panorama da política nacional direto de Brasília
www.foconapolitica.com.br
·         BRAZILIAN NEWS –
O seu site de notícias de Brasília para o Mundo
www.braziliannews.com.br
·         PORTAL R10 – O seu portal de notícias
www.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasilia
·         Direto com o jornalista MILTON ATANAZIO
[email protected]

n o t í c i a s

As eleições 2020 terminaram. Eleitores de 57 cidades brasileiras foram às urnas para votar no 2º turno. Veja os vencedores, o mapa com todos os eleitos nos dois turnos. Veja qual partido cresceu, qual encolheu, e mais números do pleito deste ano. O podcast O Assunto analisa qual foi o recado das urnas. Termina o prazo para que as empresas paguem aos seus funcionários o adiantamento da primeira parcela do 13º salário. E o Brasileirão tem três jogos hoje.

Continua depois da publicidade

O 2º turno das eleições 2020

Eleitores de 57 cidades brasileiras foram às urnas para votar no 2º turno da eleição para prefeito. Desses municípios, 18 são capitais. Bruno Covas (PSDB), Eduardo Paes (DEM), Sarto Nogueira (PDT), Sebastião Melo (MDB) e João Campos (PSB) ganharam em São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Porto Alegre e Recife, respectivamente. E desta vez foi rápido: por volta das 20h30, a apuração nas capitais já havia terminado.

Clique aqui e veja todos os vencedores neste 2º turno, e mapa mostra os eleitos em todas as cidades, nos dois turnos.

mapa mostra os mais votados — Foto: Reproduçãomapa mostra os mais votados — Foto: Reprodução

O PSDB governará o maior número de brasileiros, porém, é partido que mais perdeu neste ano em comparação com as eleições de 2016. O DEM foi a legenda que mais cresceu. Entenda esse recorte do pleito de 2020.

Continua depois da publicidade

Os partidos do Centrão, base política na Câmara dos Deputados do governo de Jair Bolsonaro, vão comandar quase metade dos municípios do país. O grupo vai administrar mais de 2,6 mil municípios a partir de 2021, o equivalente a 47% das cidades brasileiras. O número de moradores nessas cidades, por sua vez, representa aproximadamente 40% da população do Brasil.

Desta vez, o PT não elegeu prefeitos em capitais pela 1ª vez desde a redemocratização do país. Desde 2004, quando fez 9 prefeitos de capitais, o desempenho do partido só piorou.

O MDB é o partido que mais elegeu prefeitos nas capitais, e DEM e PSDB ficaram em 2º lugar neste ano. MDB é também o partido com mais prefeitos do país, e PP e PSD cresceram.

Continua depois da publicidade

Apenas 1 das 26 capitais será governada por uma mulher: Cinthia Ribeiro (PSDB) foi a única eleita, em Palmas; 5 candidatas foram derrotadas no 2º turno.

Veja mais dos números das eleições na página especial do G1, e o que pensam os prefeitos eleitos sobre saúde, educação e outros temas.

  • Candidatos apoiados por Bolsonaro são derrotados no 2º turno
  • De 25 capitais, 8 terão prefeitos negros no comando

Abstenção na pandemia

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, afirmou que o comparecimento de mais de 70% dos eleitores ao 2º turno das eleições municipais ‘é fato que merece ser celebrado’. A abstenção atingiu 29,47% — no primeiro turno foi de 23,14%, segundo o TSE. Em razão da pandemia de Covid-19, analistas consideravam que a abstenção (percentual de eleitores que não compareceram para votar) seria elevada. E veja as cidades com maiores números de votos nulos e brancos no 2º turno.

Covas mantém PSDB no comando da maior cidade do país

Bruno Covas (PSDB) comemora vitória no 2º turno na capital paulista, acompanhado de seu filho, Tomás, e do governador João Doria — Foto: Fábio Tito/G1Bruno Covas (PSDB) comemora vitória no 2º turno na capital paulista, acompanhado de seu filho, Tomás, e do governador João Doria — Foto: Fábio Tito/G1

‘Equilíbrio’, ‘moderação’ e ‘ciência’. Essas foram as palavras usadas por Bruno Covas para explicar sua reeleição à prefeitura de São Paulo. Numa disputa acirrada no 2º turno, ele teve 59,3% dos votos válidos, contra 40,62% de Guilherme Boulos, do PSOL. Neto do ex-governador Mário Covas, Bruno afirmou ser fruto da democracia. Ele foi reeleito com um amplo leque de alianças políticas, formando uma coligação com 11 partidos. De acordo com o vencedor da disputa, a partir desta segunda-feira começa o ‘desafio de transformar a esperança em realidade’ e acabar com as divisões políticas na cidade.

  • Covas venceu Boulos em 50 das 58 zonas eleitorais
  • Boulos ganha na periferia onde Haddad venceu em 2018
  • Reeleito, Covas gasta R$ 19,4 milhões em SP e tem a campanha mais cara entre os candidatos da capital

Paes de volta

Eduardo Paes — Foto: REUTERS/Sergio MoraesEduardo Paes — Foto: REUTERS/Sergio Moraes

Eduardo Paes (DEM) foi eleito prefeito do Rio de Janeiro, derrotando Marcelo Crivella (Republicanos), que o sucedeu em 2016 e buscava a reeleição. Paes, que vai governar a cidade pela 3ª vez, somou 64,07% dos votos válidos, contra 35,93% do adversário. A abstenção neste 2º turno foi recorde, de 35,5%, e superou a votação do vencedor.

Foi a ‘vitória da política’ contra a radicalização, diz Paes

  • Candidato vence em todas as 49 zonas eleitorais
  • Crivella é o segundo prefeito a não se reeleger na história do Rio
  • Após ironia de Crivella, eleitores de Paes adotam ‘chapeuzinho de Zé Pelintra’

Casos de família

Eleito prefeito do Recife, João Campos discursa em hotel na Zona Sul — Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco PressEleito prefeito do Recife, João Campos discursa em hotel na Zona Sul — Foto: Aldo Carneiro/Pernambuco Press

No Recife, João Campos (PSB) foi eleito com 56,27% dos votos válidos, contra 43,73% de Marília Arraes (PT). Os adversários são primos: ele é filho do ex-governador Eduardo Campos, morto em 2014, sobrinho do pai da candidata derrotada. Aos 27 anos, o prefeito eleito é o mais jovem a ocupar o cargo na capital pernambucana.

O Assunto

Nesta segunda-feira, no #episódio336 de O Assunto, Renata Lo Prete conversa com Julia Duailibi, Nilson Klava e Valdo Cruz – três jornalistas da GloboNews que cobriram intensamente o domingo de votação e apuração – sobre o saldo deste 2º turno das eleições municipais. Afinal, qual o recado das urnas?

www.abracambrasil.org.br
www.abracambrasil.org.br

www.abracambrasil.org.br
www.abracambrasil.org.br

E MAIS…

Esta EDIÇÃO COMPLETA, com fotos, vídeos e links, está disponível no site

www.foconapolitica.com.br

Fonte: g1
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®