Quarta, 20 de Janeiro de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

22° 30°

Teresina - PI

Últimas notícias
Turismo
Turismo
Notícias sobre turismo no Piauí, Brasil e Mundo.
Brasil Turismo
03/12/2020 10h51
Por: Marina Sousa

Descubra os 6 destinos nacionais mais baratos para viajar após a pandemia

Salvador e Curitiba estão entre as opções destacadas por uma agência de viagem.

FOTO: ANDREA COMI/GETTY IMAGES
FOTO: ANDREA COMI/GETTY IMAGES

Após meses de diárias canceladas e passagens remarcadas, a indústria do turismo começa a notar uma ligeira movimentação. Desde o início de junho, com a flexibilização do isolamento social em algumas cidades, empresas do ramo têm observado aumento nas buscas por reservas de hotéis já para o segundo semestre de 2020, especialmente para lugares onde o viajante possa ir de carro.

A agência on-line de viagens Hurb (antigo Hotel Urbano) é uma delas. Ciente dos impactos econômicos do coronavírus, a sobrevivente da pandemia preparou uma lista com seis destinos nacionais acessíveis para viajar quando a retomada for segura e consciente.

  • Salvador, na Bahia

A capital baiana é muito famosa por seu Carnaval. Indo fora dessa época, o custo da viagem fica mais baixo. A cidade tem passeios a preços acessíveis e até gratuitos, onde é possível conhecer cartões-postais como o Pelourinho, o Elevador Lacerda, o Farol da Barra e a Igreja do Bonfim. O Mercado Modelo é uma alternativa para quem está com o orçamento apertado, mas não abre mão de voltar para casa cheio das lembrancinhas. Com muitas opções de alimentação, ainda é possível fazer boas refeições na região por R$ 30.

  • João Pessoa, na Paraíba

Além das praias, João Pessoa reserva atrações gratuitas espetaculares, como o Centro Cultural São Francisco e a Casa dos Azulejos. A cidade também tem bons hotéis econômicos e, por lá, é possível comer bem gastando pouco. Para compras, o viajante pode recorrer ao Mercado de Artesanato Paraibano, onde encontrará produtos de qualidade a preços variados.

  • Ubatuba, em São Paulo

A capital do surfe tem mais de 100 praias, fora trilhas pela Mata Atlântica que levam a cachoeiras paradisíacas. A cidade ainda abriga comunidades caiçaras, indígenas e quilombolas, proporcionando uma imersão na cultura brasileira. Ou seja, Ubatuba é um daqueles destinos possíveis de curtir muito com orçamento encurtado.

  • Cabo Frio, no Rio de Janeiro

Vizinha de Arraial do Cabo e Búzios, a cidade de Cabo Frio tem preços mais atraentes que os outros dois balneários. Quanto à hospedagem, a diária em uma pousada 3 estrelas, com café da manhã, gira em torno de R$ 130, na baixa temporada. Além disso, a região tem muitos restaurantes com pratos que não pesam no bolso e passeios diferentes a preços baixos. O trajeto de ida e volta à Ilha do Japonês, por exemplo, custa em torno de R$ 20 por pessoa.

  • Caldas Novas, em Goiás

Uma das maiores estâncias hidrotermais do mundo é o quinto destino da lista. Seus grandes atrativos são os parques aquáticos, mas há pontos turísticos incríveis e mais econômicos, como o Lago Corumbá e o Parque Estadual da Serra de Caldas Novas. Adorado pelos amantes do ecoturismo, o parque tem entrada de R$ 10 por adulto. A cidade ainda tem um centrinho com opções de bares, restaurantes e lojinhas para comprar presentes acessíveis.

  • Curitiba, no Paraná

A capital tem uma excelente infraestrutura, sendo possível encontrar diária em bons hotéis 3 estrelas por R$ 110. Repleta de vilas gastronômicas, parques e praças, tem passeios para quem busca lugares instagramáveis, como o Jardim Botânico, com entrada gratuita. Um bom investimento para o viajante que vai à cidade é pegar o ônibus da Linha de Turismo de Curitiba, com um roteiro que passa por 24 atrações. O tíquete com validade de 24 horas custa R$ 50. O turista acaba gastando menos que em outros destinos do Sul e, ainda assim, a viagem não deixa a desejar.

Fonte: Metrópoles
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®