Domingo, 16 de Maio de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

32°

22° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
Geral Piauí
27/03/2018 11h42 Atualizada há 3 anos
Por: Bruna Sampaio

Falta de medicamentos compromete atendimentos no hospital de Fronteiras

Hospital Estadual Norberto Ângelo Pereira (Foto: Reprodução)
Hospital Estadual Norberto Ângelo Pereira (Foto: Reprodução)

A falta de remédios no Hospital Estadual Norberto Ângelo Pereira, localizado no município de Fronteiras, tem frustrado pacientes. De acordo com uma moradora da cidade, além deste problema, existem vários outros que comprometem o atendimento na unidade.

"Não está tendo medicação, os médicos não estão recebendo pagamento, estavam indo só mesmo para fazer favor, tem médico que está tirando do próprio bolso para comprar medicação. Não tem soro fisiológico, tem pessoas que já compraram seringa para tomar injeção. Já foi feito denúncia no Ministério Público e até agora nada. Os vereadores ja fizeram reclamação na sessão de sexta-feira, mas também não foi resolvido", contou Evilázia. 

Segundo a moradora, o hospital justifica os problemas alegando que não recebeu repasse do governo. "Eles ficam alegando que não fizeram o repasse. Jogam para o governo e o governo joga para o município. Em pleno ano eleitoral estamos passando por decadência no nosso município", disse. 

Continua depois da publicidade

Outro lado

Procurado pelo portal R10 na manhã desta terça-feira (27), o secretário municipal de Saúde, Alexander Lucena Sampaio, informou que o problema da falta de medicação já foi normalizado. 

"O hospital daqui é do estado, é um ente independente da secretaria municipal da Saúde. Mas até onde eu sei, não está faltando nada. Já esteve faltando, questão de um mês, dois meses, mas o problema é burocrático, licitação ou coisa parecida, mas já foi normalizado", explicou. 

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp