Terça, 18 de Maio de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

32°

23° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
Tecnologia
Tecnologia
Todas as informações sobre tecnologia no mundo.
Tecnologia Saiba como usar
05/12/2020 10h41
Por: Francine Dutra

WhatsApp libera funções extras no aplicativo com robôs

Foto: Internet
Foto: Internet

Os bots ou chatbots do WhatsApp são robôs automatizados que podem ter inúmeras funções. A ferramenta é disponibilizada por empresas e organizações cadastradas no WhatsApp Business e pode ser acessada pelo aplicativo padrão no Android ou iPhone (iOS). Para iniciar uma conversa com um robô basta adicionar o número do chatbot aos contatos, abrir a conversa no mensageiro e enviar um "oi". A comunicação com um bot de WhatsApp é fácil, já que o robô assume uma série de ações pré-definidas e permite que você selecione uma opção de resposta padrão ou comando por meio de números.

As ações automatizadas dos bots são bastante úteis e trazem recursos interessantes. Neste ano, por exemplo, o Ministério da Saúde e o TSE disponibilizaram bots no WhatsApp para ajudar a população, solucionando dúvidas a respeito da Covid-19 e trazendo maiores esclarecimentos sobre as Eleições Municipais 2020, permitindo, dentre outras coisas, que eleitores checassem fake news pelo WhatsApp.

Além disso, também existem chatbots que permitem acompanhar compras realizadas em lojas de varejo, como o serviço da Magazine Luiza, por exemplo. O Pix, novo método de pagamentos do Banco Central também pode ser utilizado para pagar amigos e realizar transferências no WhatsApp, a partir do robô do Banco do Brasil. Veja seis coisas que você pode fazer utilizando os robôs do WhatsApp.

Continua depois da publicidade

1. PIX e transações bancárias

É possível cadastrar as chaves Pix e realizar transferências pelo WhatsApp a partir do bot do Banco do Brasil. Já outras instituições bancárias, como Itaú e Bradesco também têm robôs cadastrados na versão do mensageiro para empresas. Neles, é possível consultar saldo, negociar dívidas e tirar dúvidas sobre os serviços oferecidos pelos bancos.

O primeiro passo para se comunicar com um chatbot é sempre o mesmo: você deve adicioná-lo à sua lista de contatos no celular e, em seguida, procurá-lo nos contatos do WhatsApp. Inicie uma conversa mandando um "oi" para o robô e atribua comandos em poucas palavras ou em números que correspondem a ações simples.

2. Pedir corridas

Também é possível solicitar corridas da 99 pelo WhatsApp. O aplicativo de mobilidade urbana anunciou parceria com o mensageiro, permitindo que usuários solicitem viagens por meio do serviço de automação do WhatsApp. Para pedir um carro, é necessário adicionar o número (11) 99797-9090 nos contatos e confirmar o cadastro na 99.

Em seguida, o usuário deve informar o endereço de origem e o de destino, enviando os locais escritos por extenso no chat ou abrindo o mapa e compartilhando a localização pelo mensageiro. Depois que a solicitação for confirmada, o usuário recebe o valor estimado para a corrida, o tempo de espera previsto e os dados do motorista, incluindo nome e placa do carro. Para confirmar a viagem, não é necessário ter o aplicativo da 99 instalado no celular e a corrida deve ser paga em dinheiro.

3. Fazer denúncia de violência doméstica

Uma outra função importante dos bots de WhatsApp é a oferecida pelo robô do programa Você Não Está Sozinha, desenvolvido pelo Instituto Avon em parceria com a Uber e Wieden+Kennedy. O chatbot encoraja e auxilia mulheres vítimas de violência doméstica a denunciarem seu agressor. Para não levantar suspeitas, o app simula uma conversa comum no mensageiro e dá orientações baseadas em perguntas de "sim" e "não".

Os comandos do robô são gerados a partir das respostas das vítimas e as orientações variam conforme os questionamentos do bot. Há casos em que o robô pode sugerir que a mulher vítima de violência procure um hospital ou uma delegacia da mulher e, para levá-la até o local, o Uber gera um cupom para a corrida, que é gratuita. O robô pode ser acessado a partir do número (11) 94494-2415. Apesar o DDD corresponder à região de São Paulo, a ferramenta está disponível para todo o território nacional.

4. Tirar dúvidas com órgãos do governo

Outra funcionalidade interessante dos bots de WhatsApp é a possibilidade de tirar dúvidas e receber informações com robôs do governo. Durante as Eleições Municipais 2020, o TSE disponibilizou um bot para a população através do número (61) 9637-1078, que permitia aos eleitores confirmar as datas para o primeiro e segundo turno das eleições, checar o horário e local de votação, conferir perguntas mais frequentes e informações sobre os candidatos e, até mesmo, checar fake news pelo WhatsApp.

No início do ano, o robô do Ministério da Saúde também foi anunciado e, através do número (61) 9938-0031, usuários do app de mensagens mais popular do mundo podiam solucionar dúvidas a respeito do novo coronavírus, recendo orientações sobre como ocorre a transmissão, quais são os sintomas, os tratamentos e como se prevenir da doença. O robô também conta com a opção de confirmar se uma notícia é fato ou fake e dá orientações à população em casos de suspeita da Covid-19.

5. Fazer compras

Também é possível fazer compras e acompanhar pedidos por meio dos robôs do WhatsApp. Existem plataformas que desenvolvem chatbots com essa proposta, o que pode ser válido principalmente para estabelecimentos que não possuem app próprio ou, ainda, para restaurantes e lanchonetes que não estão em apps de delivery, como o iFood ou Uber Eats, por exemplo. Estabelecimentos de diversos setores podem utilizar o serviço de automação no mensageiro para atrair clientes.

A Magazine Luiza, por exemplo, é uma grande varejista que possui aplicativo próprio, mas também está no WhatsApp. O chatbot da Magalu não permite fazer compras, no entanto, dá informações aos usuários sobre os pedidos realizados na plataforma e envia mensagens para informar sobre a confirmação do pedido e prazos de entrega.

6. Estudar pelo celular

Também é possível usar o WhatsApp para estudar as matérias tradicionais que são ensinadas na escola. O AprendiZap é um robô que atua com esse objetivo, permitindo que alunos do 6º ao 9º ano utilizem o mensageiro para aprender e solucionar dúvidas de Português, Matemática, Ciências, História, Geografia, Artes e Inglês.

A ferramenta foi desenvolvida pela Fundação 1Bi em parceria com a Fundação Lemann e Imaginable Futures e distribui conteúdos de texto, vídeo e exercícios semanalmente, que são preparados por professores parceiros. É possível conversar com o robô AprendiZap através do número (11) 97450-6763.

Fonte: Techtudo
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp