Segunda, 06 de Dezembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

29°

25° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
Sexo e Prazer
Sexo e Prazer
Tudo sobre o universo sexual.
Geral Constrangedor
16/12/2020 11h42
Por: Marina Sousa

Deu ruim! Saiba alguns dos acidentes mais comuns que acontecem no sexo

Seja aquele programado há algum tempo ou um que rolou de última hora, o sexo sempre é um momento sobre o qual se cria muita expectativa. Contudo nem sempre tudo corre como o planejado.

Para além da simples e “esquecível” transa mais ou menos, existem também algumas situações em que cabe um “acidentes acontecem!”. De constrangedoras a dolorosas, elas acontecem mais do que se imagina – e provavelmente já aconteceu com você ou com algum conhecido.

FOTO: PETER CADE/GETTY IMAGES
FOTO: PETER CADE/GETTY IMAGES

Listamos nove de alguns dos acidentes mais comuns que acontecem na cama (ou fora dela) durante o sexo mundo afora. Confira:

Fratura peniana

Sabe aquela sentada muito violenta? Se ela for mal calculada, o resultado pode ser uma fratura peniana. Isso ocorre quando há um impacto muito forte sobre o pênis que o faça dobrar quando estiver ereto. Ou seja, se o pênis der aquela “saidinha”, segura a emoção na hora de voltar para não sentar errado, combinado?

Câimbras

Ah, a falta que o alongamento faz. Não é difícil ouvir relatos de pessoas que já sentiram câimbras na hora do sexo. Uma vez que as câimbras são contrações involuntárias dos músculos, elas podem ser comuns durante esforços físicos. Sem contar que, durante a excitação, os músculos do corpo se contraem.

Torção de membros

Se as pessoas torcem o tornozelo em uma inocente caminhada de um cômodo até o outro, porque não torceriam em uma emocionada troca de posição, por exemplo? Fica o questionamento de quantos pés, pulsos, braços e até mesmo pescoços já não foram vítimas de malabarismos sexuais por aí.

Quebrar camas

Quando acontece nos filmes, é tudo muito emocionante. Mas quem já passou pela situação de quebrar uma cama na vida real garante não saber o que é pior: o constrangimento (se as pessoas envolvidas não forem, no mínimo, namorados(as)), ou o prejuízo.

Rasgar roupas

Mais uma mentira que o audiovisual contou aos adolescentes. Se no 50 Tons de Cinza ou no 365 Dias arrancar a lingerie com os dentes é quintessência da sensualidade, na vida real é uma facada no coração e um prejuízo que pode ser parecido com o da cama.

Quebrar dentes

De fato é romântica aquela batida de dentes acidental em um beijo, seguida de uma risada simultânea. Mas quando a batida acontece no meio de um sexo voraz, por exemplo, a intensidade pode não ser a ideal para a quantidade de esmalte do seu dente e resultar em um doloroso trincado.

Engasgar

Como a pauta é sexo, aqui não está em voga engasgar com um gole d’água. Aos praticantes de sexo oral: atire a primeira pedra quem nunca quase morreu engasgado ao engolir sêmen ou chegou a dar aquela lacrimejada e perder o ar ao tentar uma garganta profunda.

Perder o plug anal

Quando o assunto é plug anal, um cuidado que os iniciantes devem ter é escolher um acessório que tenha algo para puxar o plug para fora. Como quem está começando opta pelos menores (e muitas vezes, mais baratos), acontece do ânus engolir (!) o brinquedo, e se não houver uma alça ou algo do tipo, pode precisar até de ajuda médica para remover. Ninguém quer isso.

Alergias

Inovar é uma delícia e o mercado erótico tem várias opções de géis com diversas sensações. Mas a dica é sempre testar os produtos antes da hora H, em alguma parte da pele que não seja a genitália, para garantir que não vai haver alergias. O mesmo vale para camisinhas muito “diferentonas”.

Fonte: Pouca vergonha
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp