Domingo, 26 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

26°

24° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Maternidade
R10 Maternidade
Acompanhe as principais notícias sobre Maternidade.
Geral Saúde
18/01/2021 11h22 Atualizada há 8 meses
Por: Bruna Sampaio

Médicos salvam bebê desmontando seu crânio e colocando-o de volta no lugar

Um menino que sofria de uma deformidade com risco de vida foi submetido a uma cirurgia milagrosa para remodelar os ossos do crânio. Flex Dan, que completa 1 ano neste mês, nasceu com craniossinostose, no qual os ossos do crânio se fundem, dando pouco ou nenhum espaço para o cérebro crescer e se desenvolver. Seus pais, Lucy e Aaron Dan, de Bega, no sudeste de New South Wales, na Inglaterra, foram informados pelos médicos que havia um problema com o crânio do bebê com apenas 20 semanas de gravidez.

Poucos dias depois de seu nascimento, Flex foi diagnosticado com craniossinostose e faria sua primeira cirurgia com apenas semanas de idade. Mas, devido à gravidade de sua condição, Flex precisou outra operação maior. No mês passado, então, uma equipe de cirurgiões conseguiu remover os ossos fundidos em seu crânio, remodelá-los e colocá-los de volta, como se fosse quebra-cabeça. 

(Foto: Reprodução/Daily Mail)
(Foto: Reprodução/Daily Mail)

A mãe do bebê, Lucy, 22, disse ao Daily Mail Australia que a cirurgia durou sete horas e Flex estava se recuperando do hospital por seis dias. “A recuperação foi difícil. Seus olhos ficaram fechados por três dias e ele não conseguiu ver ”, disse. "Esperamos que seja a última (operação), mas não temos certeza porque é uma situação muito rara", completou. Segundo ela, durante a gravidez, os médicos avisaram que Flex poderia ter uma qualidade de vida ruim, mas ela disse que ela e seu parceiro sempre tiveram esperança. Ela conta que depois da primeira operação, houve grandes mudanças no comportamento do filho. "Quando nasceu, ele realmente não olhou para nós ou se concentrou em nós e não estava se desenvolvendo muito bem", disse. "De repente, ele estava tão feliz e diferente", completou.

Continua depois da publicidade

Os médicos até disseram ao casal que havia a opção de abortar a gravidez, algo que a mãe disse que não conseguiria fazer. "Havia algo em seu rostinho nos ultrassons e achei que ele parecia tão perfeito. Acho que nunca seríamos capazes de nos perdoar se seguissemos por esse caminho", disse ela.

PÓS-CIRURGIA

Desde sua Cirurgia, algumas semanas atrás, Flex tem feito um progresso incrível. Usando a modelagem 3D, os cirurgiões puderam praticar antes de realizar a cirurgia no crânio do menino. Desde então, eles garantiram à família que é mais do que provável que Flex não sofrerá nenhum problema intelectual ou de longo prazo por causa de sua condição. Ele também poderá praticar esportes como qualquer outro menino e a grande cicatriz na sua cabeça logo será coberta por seus cabelos.

“Ele está indo muito bem e os cirurgiões estão muito felizes com seu progresso”, disse a mãe. “Ele não se incomodou muito depois da primeira cirurgia, mas está um pouco tímido agora, depois da recente operação, mesmo perto de parentes. Mas ele vai viver uma vida completamente normal", finalizou.

Fonte: Revista Crescer
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp