Sábado, 25 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

33°

24° 37°

Teresina - PI

Últimas notícias
Aurilene Barbosa
Aurilene Barbosa
Advogada Militante e Professora; Pós-graduada em Direito Penal pela Universidade de Salamanca na Espanha; MBA em Direito Previdenciário; com especialização em Direito Previdenciário, Direito Administrativo, Direito Médico e da Saúde. Direito Civil e Processo Civil; membro da Comissão de Defesa das Prerrogativas dos advogados; membro da Comissão de Direito da Saúde da OAB/PI.
Teresina PREVIDENCIÁRIO
23/01/2021 15h45 Atualizada há 8 meses
Por: Professora/Advogada

PLANEJAMENTO PREVIDENCIÁRIO: GARANTIA DO MELHOR BENEFÍCIO (R$)

Diante da burocracia e complexidade, com alterações recorrentes na legislação, surgiu a solução prática, que pode trazer uma gama de vantagens a segurada e ao segurado: o planejamento previdenciário.

O que é planejamento previdenciário?

PLANEJAMENTO PREVIDENCIÁRIO: GARANTIA DO MELHOR BENEFÍCIO (R$)

 

Como o próprio nome já aduz é uma preparação para a aposentadoria baseada no estudo da legislação e no caso concreto de cada contribuinte, pode-se inclusive planejar-se para um benefício no valor de R$ 6.433,57 em 2021.

Continua depois da publicidade

A situação mais recorrente que presencio no escritório e que claramente denota prejuízo causado pela falta de planejamento, é no caso da aposentadoria especial, onde clientes possuem direito a este tipo de aposentadoria, porém, muitas vezes não reuniram previamente os documentos probatórios, e, não havendo meios de comprovar o direito, o benefício é indeferido.

Passemos a observar as vantagens do planejamento previdenciário:

a) Saber o tempo exato de solicitar a aposentadoria

Trabalhar durante o período correto é uma vantagem que nem todos possuem já que, com a falta de planejamento, acabam se perdendo no cômputo dos dias e trabalhando períodos que sequer serão contabilizados, o planejamento então pode apontar os erros e serem corrigidos.

b) Realizar contribuições com o valor correto

A partir de julho de 1994, o valor fixado como benefício, leva em consideração a média dos 80% dos maiores salários de contribuição. Logo, os outros 20% serão desconsiderados.

Deste modo, vê-se que contribuir com o valor máximo (teto) durante todo o período contributivo não é necessário.

O principal prejuízo aqui é fazer uma contribuição sem ter qualquer retorno por isso.

O planejamento faz o cálculo dessa média, ele também mostrará o valor correto a se contribuir de acordo com seu objetivo final.

c) Garantir o melhor benefício possível (R$).

Para garantir o melhor benefício, não basta ter acesso às informações. Planejar demanda estudo, organização e análise.

Além disso, a técnica dos profissionais que executarão o planejamento é importantíssima para que nenhuma informação seja deixada de lado.

Fazer um planejamento de aposentadoria é voltar todo estudo a um caso específico, ou seja, analisar entre as probabilidades aquela que melhor atenda aos interesses do segurado, a garantia do melhor benefício é um ponto crucial, não apenas pela questão do valor, mas é um direito do segurado e este deve ser garantido.

 d) Como é feito o planejamento

Não há regras para dar início ao planejamento, quanto antes der entrada, mais precisa poderá ser sua previsão e na certeza de conseguir o melhor benefício.

O planejamento previdenciário consiste na análise aprofundada e completa dos dados do contribuinte.

Os referidos dados, como tempo de contribuição, idade e valores são cruzados e apresentam todas as diferentes opções de aposentadoria, com as vantagens e desvantagens de cada uma.

Deste modo, é possível dar entrada na sua aposentadoria buscando desde o início o benefício que melhor atenda suas necessidades e expectativas.

O planejamento de aposentadoria é baseado em três pilares:

·         Cálculo do Tempo de Contribuição;

·         Cálculo do Valor do Benefício;

·         Prospecção de Possibilidades.

e) Cálculo de Tempo de Contribuição

O INSS concede, através de um documento denominado Cadastro Nacional de Informações  - CNIS todos os vínculos trabalhistas e previdenciários em seu cadastro.

Porém, não é incomum que o órgão apresente falhas na apresentação dos dados, fornecendo relatórios com períodos não computados ou registrados de maneira equivocada.

Através do planejamento, todas as informações são conferidas e os cálculos refeitos, inclusive quando se trata de computação diferenciada, como é o caso, por exemplo, das aposentadorias de professores e aposentadorias especiais.

Como já mencionado, o objetivo do planejamento é conseguir o melhor benefício analisando individualmente cada situação.

f) Cálculo do Valor do Benefício

Através do planejamento previdenciário é possível analisar qual o valor que você receberá a título de aposentadoria.

Por isso o planejamento é feito por um profissional capacitado, que conhece todas as regras da legislação previdenciária. Um planejamento mal feito é tão prejudicial quanto não o fazer.

g ) Prospecção da Melhor forma de se Aposentar

Após fazer o levantamento dos dados e o cruzamento com os valores, encontrar-se-á as opções de aposentadorias que poderão ser adotadas para o caso em comento.

Deste modo, é possibilitado ao segurado ter uma visão clara das vantagens e desvantagens de cada uma das opções.

h) Escolhendo o melhor profissional

Para realizar o planejamento previdenciário e assim garantir as suas vantagens, é recomendável que se procure sempre um advogado especializado em direito previdenciário.

Além de auxiliar na escolha dos benefícios e realizar todas as projeções, eles poderão acompanhar todo o processo de concessão do benefício e efetuar qualquer revisão que seja necessária. Também poderão orientar na emissão de documentos e quaisquer irregularidades que se faça presente.

Destarte, o Planejamento Previdenciário deve ser encarado como um investimento e não como um gasto qualquer, pois é a garantia de assegurar a cada segurado ou segurada a garantia da melhor aposentaria na melhor condição financeira até o fim da vida e isso só um especialista em previdenciário pode garantir a seu constituinte, pois a sua falta, gera na maioria das vezes, a perda de direitos e a prejuízos financeiros.

Realize o mais pronto possível seu Planejamento Previdenciário.

Consulte uma advogada ou advogado especialista em Direito Previdenciário.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp