Segunda, 25 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

37°

25° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Saúde
Saúde
Encontre aqui notícias sobre saúde e bem-estar.
Saúde Dor nas costas
25/01/2021 09h24
Por: Francine Dutra

Lombalgia é uma das causas mais comuns de dor e afeta atividades diárias

Inflamação, má postura, sobrepeso ou carregamento de peso em excesso, esses são um dos fatores que podem causar a lombalgia, um problema que atinge cerca de 20% da população adulta e que pode ocasionar complicações ortopédicas e respiratórias, se não tratada corretamente. Estimativas da Sociedade Brasileira de Reumatologia apontam que entre 65% e 80% da população mundial possa desenvolver dor na coluna, em alguma etapa da vida.

Popularmente chamada de dor nas costas, dor na lombar, dor na coluna, a lombalgia é a dor localizada abaixo da margem das últimas costelas e acima das linhas glúteas inferiores com ou sem dor nos membros inferiores. A fisioterapeuta da clínica Dmi Wilma Keury, recomenda a busca de um profissional, em casos necessários.

Foto: Internet
Foto: Internet

“Uma das principais comorbidades que atinge a população hoje em dia é a lombalgia, que é uma doença que ocasiona dores nas costas. Um dos tratamentos mais indicados é a fisioterapia, para melhorar a dor e voltar a integridade da coluna. Recomendamos sempre para a pessoa que sofre com algum problema ou doença tanto ortopédica, quanto respiratória, neurológica, ginecológica, ou de forma geral, que procure um especialista ou fisioterapeuta de sua confiança e trate da lesão”, explica.

Continua depois da publicidade

Em home office, muitos profissionais que têm trabalhado em casa não se atentam à postura durante a rotina de trabalho. Wilma Keury comenta sobre os diversos problemas que podem ser ocasionados. "Alguns problemas podem surgir como a lombalgia, a hipercifose, também conhecida como corcunda, e a tendinite. Também afeta o estado psicológico levando ao esgotamento e cansaço por forçar demais os músculos. Além disso, causa dor nas costas, má circulação, prisão de ventre, problemas respiratórios, dentre outros problemas por compressão exagerada", informa.

É importante que a cada três horas trabalhadas, por exemplo, os profissionais que estão em home office paralisem suas atividades por cinco minutos e aproveitem para caminhar e alongar membros do corpo como braços, pernas, pescoço e mãos. "Recomendamos sempre a prática de alongamentos, as costas devem estar eretas, ombros para trás e glúteos encostados na parte posterior da cadeira. Levante-se regularmente, os pés devem estar bem apoiados no chão e nunca cruzados", ressalta a especialista.

Fonte: Ascom
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp