Sexta, 07 de agosto de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Camanha ProPiauí Julho
Política - Entrevista

Postada em 07/04/2018 ás 11h37 - atualizada em 09/04/2018 ás 07h56

Publicada por: Redação

Juiz Sérgio Moro diz que não havia motivo para adiar prisão de Lula
O magistrado emitiu uma ordem para cumprimento da pena de 12 anos e 1 mês de detenção.
Juiz Sérgio Moro diz que não havia motivo para adiar prisão de Lula

Foto: Rafael Marchante/Reuters

Em entrevista para TV chinesa, o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, afirmou que não havia razões para adiar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No dia anterior, o magistrado emitiu uma ordem para cumprimento da pena de 12 anos e 1 mês de detenção a que o petista foi condenado no caso do triplex do Guarujá.

A entrevista para o CGTN America, canal de língua inglesa da China Global Television Network,  foi concedida nesta sexta-feira (6) na sala do magistrado na 13ª Vara Federal de Curitiba.

Questionado sobre o caso, ele afirmou que não se sentia confortável para comentar o assunto, mas que tinha recebido uma ordem da corte de apelação, o Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4), para determinar a prisão. “Eu apenas cumpri com a ordem”, disse Moro.

“Ele [Lula] foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção. É preciso executar a sentença. Simples assim. Não vejo qualquer razão específica para adiar isso ainda mais”, afirmou. 

Na última quinta-feira, menos de 18 horas depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou habeas corpus a Lula, Moro emitiu um mandado de prisão para o petista. O despacho afirmava que o  ex-presidente tem até às 17h desta sexta (6) para se apresentar na Polícia Federal de Curitiba para o cumprimento do mandado de prisão.

O prazo estipulado, contudo, foi ignorado por Lula. A assessoria de imprensa do juiz afirmou que a atitude não significa um descumprimento de ordem judicial já que o período concedido por Moro era um “prazo de oportunidade” em virtude do cargo ocupado pelo petista.

Segundo a Exame, ao longo de toda a sexta-feira, a Polícia Federal negociou com os advogados do petista os termos da rendição. A expectativa é de que ele se apresente neste sábado (7) após uma missa em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta em 2017 e que era investigada no mesmo caso que pode tornar Lula o primeiro ex-presidente a ficar atrás das grades.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Alvorada do Gurgueia Por Ailson Soares

Omissão de Informações? SegundoTCE Prefeito Luís Martins atinge 56% da LAI

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Saúde de Lagoinha do Piauí intensifica desinfecção de locais públicos

Campo Largo-PI Por Roberto Freitas

Pavimentação em paralelepípedo nas Vila São Francisco e Vila Carolina

Joaquim Pires-PI Por João Victor

Prefeitura de Joaquim Pires lockdown parcial neste final de semana

Demerval Lobão - PI Por Katia Cruz

Rancho Terra do Nunca apresenta: Forró MW Som no rancho, sábado (8) às 20h

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium