Terça, 22 de janeiro de 2019
(86) 99915-1055
Desk Propaganda
Política - Entrevista

Postada em 07/04/2018 ás 11h37 - atualizada em 09/04/2018 ás 07h56

Publicada por: Redação

Juiz Sérgio Moro diz que não havia motivo para adiar prisão de Lula
O magistrado emitiu uma ordem para cumprimento da pena de 12 anos e 1 mês de detenção.
Juiz Sérgio Moro diz que não havia motivo para adiar prisão de Lula

Foto: Rafael Marchante/Reuters

Em entrevista para TV chinesa, o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, afirmou que não havia razões para adiar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No dia anterior, o magistrado emitiu uma ordem para cumprimento da pena de 12 anos e 1 mês de detenção a que o petista foi condenado no caso do triplex do Guarujá.

A entrevista para o CGTN America, canal de língua inglesa da China Global Television Network,  foi concedida nesta sexta-feira (6) na sala do magistrado na 13ª Vara Federal de Curitiba.

Questionado sobre o caso, ele afirmou que não se sentia confortável para comentar o assunto, mas que tinha recebido uma ordem da corte de apelação, o Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4), para determinar a prisão. “Eu apenas cumpri com a ordem”, disse Moro.

“Ele [Lula] foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção. É preciso executar a sentença. Simples assim. Não vejo qualquer razão específica para adiar isso ainda mais”, afirmou. 

Na última quinta-feira, menos de 18 horas depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou habeas corpus a Lula, Moro emitiu um mandado de prisão para o petista. O despacho afirmava que o  ex-presidente tem até às 17h desta sexta (6) para se apresentar na Polícia Federal de Curitiba para o cumprimento do mandado de prisão.

O prazo estipulado, contudo, foi ignorado por Lula. A assessoria de imprensa do juiz afirmou que a atitude não significa um descumprimento de ordem judicial já que o período concedido por Moro era um “prazo de oportunidade” em virtude do cargo ocupado pelo petista.

Segundo a Exame, ao longo de toda a sexta-feira, a Polícia Federal negociou com os advogados do petista os termos da rendição. A expectativa é de que ele se apresente neste sábado (7) após uma missa em homenagem à ex-primeira-dama Marisa Letícia, morta em 2017 e que era investigada no mesmo caso que pode tornar Lula o primeiro ex-presidente a ficar atrás das grades.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Simplício Mendes Por Francisvaldo da Silva Rocha

entrega dos troféus ãos times vençedores marca Final de mais uma Sejofe.

Oeiras Por Thainah Cortez

Oeiras está no percurso das Bikes do Rally Piocerá 2019

Prata do Piauí Por Wilton Alencar

Justiça itinerante vai está em Prata do Piauí em fevereiro

Amarante-PI Por Diogo Costa

AMPAR realiza Palestra sobre Arrecadação e Transferência para gestores

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

Vende-se um lote em São João do Arraial

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium