Segunda, 26 de Outubro de 2020
86 9 8877-6606

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 98877-6606

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

27°

23° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
Política Ex-presidente
07/04/2018 19h16 Atualizada há 3 anos
Por: Bruna Sampaio

Lula se entrega e é preso pela Polícia Federal em São Bernardo

O ex-presidente está sendo levado num comboio de viaturas.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi preso pela Polícia Federal nesta noite em São Bernardo do Campo. O ex-presidente está sendo levado num comboio de viaturas. A Polícia não informou qual é o destino do comboio mas é provável que seja o aeroporto de Congonhas, já que Lula deverá ser levado a Curitiba para iniciar o cumprimento de sua pena.

Segundo a Exame, Lula se entregou depois de fazer, nesta manhã, um longo discurso em que atacou a imprensa e a Lava Jato e conclamou a militância petista a seguir mobilizada, dizendo-se vítima de uma injustiça.

Lula foi condenado a doze anos e um mês de reclusão por corrupção e lavagem de dinheiro, em regime inicial fechado. Ele teria recebido, da construtora OAS, um apartamento tríplex em Guarujá (SP) como propina em troca de facilitar contratos irregulares dessa empresa com a Petrobras.

Continua depois da publicidade

O despacho determinando a prisão de Lula foi emitido pelo juiz federal Sérgio Moro na quinta-feira. Moro deu prazo até 17h de sexta-feira para que o ex-presidente se apresentasse voluntariamente à PF em Curitiba. Mas Lula preferiu permanecer no Sindicado dos Metalúrgicos do ABC, onde iniciou sua carreira como sindicalista e político, ignorando o prazo estabelecido pelo Juiz. 

Moro proibiu que o ex-presidente fosse algemado. Também determinou que Lula cumpra a pena em uma sala reservada, já preparada pela Polícia Federal, e fique separado dos demais presos “em razão da dignidade do cargo do ocupado”.

O ex-presidente vai ficar na Superintendência da PF em Curitiba, onde estão também os alvos da Lava Jato que negociam delação premiada. O juiz avalia que não seria seguro para o ex-presidente ficar detido no Complexo Médico-Penal (CMP), penitenciária na região metropolitana de Curitiba.

Continua depois da publicidade

A Polícia Federal disponibilizou um jato para o deslocamento de Lula entre São Paulo e Curitiba. O “Dia D” da Lava Jato, como tem sido chamado na Polícia Federal, envolve apoio da Polícia Militar para conter protestos e isolar avenidas.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®