Terça, 19 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

32°

24° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 municípios
R10 municípios Redação do Portal R10 / Equipe R10 Municípios
Cidades Imunizantes
29/01/2021 17h12
Por: Marina Sousa

Saúde de Massapê do Piauí avança na vacinação contra o coronavírus

Massapê do Piauí segue avançando no plano de vacinação contra o coronavírus. Esta semana, o município recebeu mais duas remessas de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Estadual de Saúde.

Na primeira remessa, no dia 20 de janeiro, Massapê recebeu as primeiras 33 doses da vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan. Na última quarta-feira (27), foram recebidas mais 11 doses da CoronaVac e 30 doses da AstraZeneca, da Universidade de Oxford, e produzida pela Fiocruz. Ao todo, foram recebidas 74 doses.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Secretaria Municipal de Saúde tem obedecido o plano de vacinação do Ministério da Saúde. Nessa primeira etapa da fase I estão sendo imunizados os profissionais que atuam na área da saúde.

A enfermeira Claudete Batista, que é coordenadora da Atenção Básica, informou que o primeiro lote foi para os profissionais que atuam na linha de frente de combate à pandemia do coronavírus.

“No segundo lote nós imunizamos os agentes de saúde, agentes de endemias, os técnicos em enfermagem e os auxiliares de serviços gerais da zona rural. E com o terceiro lote estamos imunizando os profissionais que estavam afastados do serviço”, explicou a enfermeira, salientando que na próxima remessa serão inclusos os profissionais faltosos e outros que ingressarem em fevereiro no trabalho em fevereiro. “Com isso, todos os profissionais de saúde estarão imunizados com a primeira dose”, disse.

Em seguida, conforme o plano vacinal, virão os idosos. O cronograma de vacinação seguirá com base nas doses recebidas do Ministério da Saúde.

A vacinação contra a Covid-19 tem como objetivos contribuir para a redução de morbidade e mortalidade, bem como a transmissão da doença, a partir da imunização das populações com maior risco de exposição ao vírus, e dos grupos prioritários, ou seja, aqueles com maior risco de desenvolver complicações e óbitos.

Fonte: Cidades na Net
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp