Domingo, 16 de Maio de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

29°

22° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
Famosos
Famosos
Tudo sobre o mundo das celebridades.
Geral Saúde
02/02/2021 16h45
Por: Bruna Sampaio

Entenda por que Lucas Penteado, do BBB21, tem falhas no cabelo

Foto: Divulgação/TV Globo
Foto: Divulgação/TV Globo

Com pouco mais de uma semana de programa, o ator Lucas Penteado está no centro de várias questões no BBB21. Entre discussões acaloradas e “cancelamentos”, o brother também tem chamado atenção pelas falhas que apresenta no cabelo, revelando partes do couro cabeludo.

De acordo com o dermatologista Daniel Coimbra, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), em entrevista à Marie Claire, Lucas sofre de alopecia, uma diminuição dos folículos pilosos no couro cabeludo ou em outras partes do corpo, como na barba, e que pode se apresentar em dois diferentes tipos.

A alopecia androgenética, também chamada de calvície, é relacionada a fatores hormonais e genéticos. Relativamente frequente na população, a doença se desenvolve desde a adolescência, quando o estímulo hormonal aparece e faz com que, em cada ciclo do cabelo, os fios fiquem progressivamente mais finos.

Continua depois da publicidade

Já a alopecia areata é um quadro inflamatório relacionado a fatores imunológicos e ao estresse. Os fios começam a cair, resultando, em casos mais frequentes, em falhas circulares sem pelos ou cabelos. O problema pode ser desencadeado ou agravado por fatores emocionais, traumas físicos e quadros infecciosos, de acordo com a SBD.

Segundo o especialista, é necessária uma avaliação em consultório para diagnosticar o tipo de alopecia que o ator enfrenta.

Prevenção, sintomas e tratamento

Alopécia androgenética: o quadro é uma doença genética, que acomete tanto homens quanto mulheres. Contudo, alguns fatores podem agravar o problema, como a menopausa e o uso de suplementação de hormônios masculinos.

A queixa mais frequente dos pacientes é o afinamento dos fios, e o tratamento consiste no uso de estimulantes do crescimento dos fios como o minoxidil e de bloqueadores hormonais. O objetivo do tratamento é estacionar o processo e recuperar parte da perda.

Alopécia areata: as causas do problema ainda são desconhecidas. No entanto, a Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda algumas dicas para melhorar a qualidade de vida dos pacientes: desde buscar informação sobre o quadro; recorrer para o uso da maquiagem para minimizar a aparência da perda de cabelo; reduzir o estresse; e procurar grupos de apoio.

Esse tipo não possui nenhum outro sintoma além da perda brusca de cabelos, em áreas arredondadas, únicas ou múltiplas. Para minimizar o problema, o tratamento consiste no uso de medicamentos tópicos e até corticóides injetáveis, que podem ser usados em áreas delimitadas do couro cabeludo e do corpo.

Ao contrário do primeiro tipo, o cabelo de pacientes com alopecia areata pode voltar a crescer normalmente, porque a doença não destrói os folículos pilosos, apenas os mantêm inativos pela inflamação. Entretanto, novos surtos podem ocorrer.

Fonte: Metrópoles
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp