Terça, 07 de Dezembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

32°

25° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
OAB-PI
OAB-PI
Notícias sobre o que acontece na área da advocacia piauiense.
Geral Exame
09/04/2018 10h40 Atualizada há 3 anos
Por: Redação

OAB fiscaliza realização da 1ª Fase do XXIV Exame de Ordem Unificado

Mais de dois mil candidatos participaram da 1ª Fase do XXV Exame de Ordem Unificado em Teresina e mais quatro municípios do Piauí na tarde deste domingo (8). O certame, que acontece em todo o Brasil, é organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e realizado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Ao todo, 2.822 pessoas se inscreveram para a prova, entre estudantes do último ano do curso de graduação em Direito ou dos dois últimos semestres. Destes, 153 inscritos não compareceram aos locais de prova em todo Piauí. A prova teve início às 13h, no horário local, com duração de cinco horas.

Foto: Ascom
Foto: Ascom

Além da capital, o exame foi aplicado nos municípios de Corrente, Floriano, Parnaíba e Picos. Segundo a presidente da Comissão de Exame de Ordem da OAB-PI, Fernanda Amaral, a prova foi aplicada com êxito, sem ocorrências. “Mais uma vez trabalhamos para auxiliar os futuros advogados neste momento tão importante para a carreira profissional jurídica”, disse.

Junto com a FGV, a Comissão de Exame de Ordem da seccional piauiense acompanha desde a conferência dos malotes até o término da avaliação para assegurar a isonomia do exame. “Nosso papel é garantir que os candidatos façam a prova sem nenhum problema técnico, contribuindo com a segurança, além de esclarecer possíveis dúvidas dos candidatos em âmbito jurídico”, explicou Fernanda Amaral.

Presente na sede do Centro UNIFSA, a secretária adjunta da OAB-PI, Élida Franklin, ressaltou a importância da isonomia durante a realização da prova, um momento marcante na vida dos futuros profissionais. “Os candidatos se sentem mais seguros quando percebem que a OAB está presente para garantir a coerência do processo. Além disso, viemos para manifestar o nosso apoio e incentivo aos futuros advogados e advogadas”, afirmou Élida.

Exame de Ordem

O Exame de Ordem é a avaliação a que se submetem, por força de lei, os bacharéis em Direito, onde demonstram que possuem a capacitação, os conhecimentos e as práticas necessárias ao exercício da advocacia. O certame é dividido em duas fases, sendo ambas de caráter eliminatório.

Na 1ª Fase, a prova é objetiva e composta por 80 questões do tipo múltipla escolha, que abrangem as disciplinas profissionalizantes obrigatórias e integrantes do currículo mínimo do curso de Direito. Além de questões sobre o Estatuto da Advocacia e da OAB (Lei 8.906/94) e seu Regulamento Geral, Código de Ética e Disciplina, Direitos Humanos, Código do Consumidor, Estatuto da Criança e do Adolescente, Direito Ambiental e Direito Internacional.

A Prova Prático-Profissional é a segunda fase do exame da OAB. Ela vale 10 pontos e é dividida em duas partes: uma redação (5 pontos) e cinco questões práticas, valendo 1 ponto cada. O conteúdo dessa fase compreende a área de opção do candidato durante a inscrição na prova. São sete áreas: Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito Empresarial, Direito Penal, Direito do Trabalho e Direito Tributário; acompanhadas de seus correspondentes direitos processuais.

 

Fonte: Ascom
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp