Sexta, 25 de Junho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

23°

23° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Polícia investiga
15/02/2021 21h43
Por: Francine Dutra

PM prende suspeito de ameaçar vizinha com arma disfarçada de caneta

Foto: Reprodução/TV Anhanguera
Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Um homem de 51 anos foi preso suspeito de ameaçar uma vizinha com uma arma disfarçada de caneta, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. A mulher alegou à Polícia Militar que estava sendo ameaçada de morte pelo investigado.

Em um vídeo, a Polícia Militar demonstra o quanto a arma é idêntica a uma caneta e pode ser facilmente despercebida. A munição é recarregada onde ficaria o tubo de tinta de um item convencional.

A prisão aconteceu no final da tarde de sábado (13), no setor Sul II. A motivação da discussão entre os vizinhos não foi informada.

Continua depois da publicidade

O coronel da PM Samuel Bernardes disse ao G1 que o suspeito negou ter ameaçado a vizinha e autorizou que a equipe fizesse as buscas em sua casa. A arma foi encontrada pela corporação em uma estante do quarto do morador junto com 62 munições calibre 22.

“Ele nega. Não disse muita coisa, mas só pela quantidade de munições que estava em poder dele, a gente entende que ele tinha interesse de utilizar aquela arma”, disse o coronel.

Bernardes disse ainda que a arma será submetida à perícia para identificar se é caseira ou original. Ele informou que esse tipo de arma, descrita como dissimulada, é proibida no Brasil. A perícia deve ficar pronta nos próximos dias.

“Existem meios de adquirir essa arma por importação. Tem um risco muito grande, pois é difícil identificar que o objeto é algo letal. Este é um crime inafiançável”, explicou o coronel.

O homem foi preso em flagrante e deve responder pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. As supostas ameaças à vizinha serão investigadas pela Polícia Civil.

Fonte: G1
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp