Domingo, 17 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

26°

23° 37°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Auto
R10 Auto
Confira todas as notícias sobre carros, motos, lançamentos, além de segredos e guia de compras.
Entretenimento Avanço
16/02/2021 17h29
Por: Francine Dutra

Alemanha quer ser o primeiro país do mundo a liberar carros 100% autônomos

O governo alemão anuncia que trabalha atualmente para se tornar o primeiro país do mundo a contar com uma legislação que permita o uso em vias públicas de carros autônomos de nível 4 e 5, capazes de dispensar a presença de um motorista ao volante.

De acordo com Ministério dos Transportes e Infraestrutura Digital da Alemanha, a ideia é se antecipar aos fabricantes de veículos e liberar o uso dos carros autônomos antes mesmo que esta tecnologia esteja disponível nos carros de produção. O rascunho da proposta, que foi aprovada na última semana pelo ministério, agora precisa ser aprovado pelo Bundesrat e o Bundestag, as duas casas legislativas do pais europeu. A previsão é que a lei esteja aprovada ainda em meados deste ano.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ainda segundo o ministro, a atualização nas leis do país europeu vai impulsionar também o aumento das opções de transporte mesmo em áreas rurais. Algo que ele acredita que será fundamental nos tempos pós pandemia do novo coronavírus.

Continua depois da publicidade

Dilema ao volante

Até o momento, os sistemas mais avançados de direção autônoma são os de nível 2, presente no Brasil em modelos como o Mercedes-Benz Classe E e o Volvo XC40 , que permitem ao veículo controlar sozinho a velocidade, direção e posição na pista em determinadas condições climáticas e de tempo. Mas exigindo um motorista atento para assumir o controle assim que necessário.

A automação de nível 3, que iria permitir dispensar a presença do motorista em cenários de baixa velocidade, como em congestionamentos, acabou sendo abandonada pela Audi, que iria lançar o sistema no sedã de luxo A8. A grande barreira nem é a tecnológica. Mas sim a das leis. Uma questão que ainda não está muito clara é sobre a culpa em um acidente com um carro autônomo. Ela iria recair sobre o fabricante ou sobre o proprietário do veículo?

Embora a Honda tenha anunciado para este ano no Japão o lançamento da tecnologia de nível 3 no sedã Legend, boa parte dos fabricantes optou por pular esta etapa e ir direto para o nível 4, dando tempo também para que os países desenvolvessem leis sobre os carros autônomos.

Fonte: IG
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp