Terça, 27 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

27°

22° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Política Alepi
24/03/2021 14h13 Atualizada há 4 meses
Por: Bruna Sampaio

Deputados aprovam auxílio aos trabalhadores do setor de eventos

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e a Comissão de Fiscalização e Controle, Finanças e Tributação aprovaram, por unanimidade, a Mensagem do Governo do Estado que autoriza a concessão de auxílio emergencial aos estabelecimentos do setor de bares, restaurantes e organizadores de eventos e trabalhadores desses setores que estão desempregados. Presidiram a reunião conjunta os deputados Nerinho (PTB) e Henrique Pires (MDB), presidentes das comissões, respectivamente. 

A matéria foi votada em reunião virtual realizada na manhã desta quarta-feira (24). A Mensagem passou primeiro pela CCJ, onde os parlamentes discutiram as emendas apresentados por Marden Menezes (PSDB), Teresa Britto (PV) e Lucy Soares (PP).

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As emendas foram rejeitadas em votação na Comissão, e a matéria seguiu na íntegra para a Comissão de Finanças.Já na Comissão de Fiscalização E Controle, Finanças e Tributação, o deputado Henrique Pies (MDB) apresentou emenda incluindo os Micro empreendedores individuais do setor para receber o auxílio e ampliando de 6 para os últimos 9 meses o prazo que os trabalhadores  estejam desempregados. A emenda foi subscrita pelos deputados Marden Menezes (PSDB), Teresa Britto (PV) e Lucy Soares (PP).

Continua depois da publicidade

A emenda foi acatada na íntegra pelo relator, deputado Cícero Magalhães (PL) e aprovada por unanimidade dos presentes. Como a matéria sofreu alterações, ela retornou para a Comissão de Constituição e Justiça, onde também foi aprovada por unanimidade.Proposta – Como os valores propostos no Projeto de Lei do Governo foram considerados insuficientes, o deputado João de Deus (PT) propôs que os deputados estaduais destinem valores de emendas.

“O Governo tem um teto de R$ 6 milhões para o pagamento do auxílio, que está sendo considerado pouco. Mas se cada um de nós deputados destinássemos R$ 200 mil das nossas emendas, esse valor pode ser dobrado e mais piauienses podem ser contemplados”, propôs.A reunião da Comissão de Constituição e Justiça foi presidida pelo deputado Nerinho (PTB) e contou com a presença dos deputados Teresa Britto (PV), Júlio Arcoverde (PP), Francisco Limma (PT), Henrique Pires (MDB), João Madson (MDB) e João de Deus (PT).A reunião da Comissão de Finanças foi presidida pelo deputado Henrique Pires (MDB) e contou com a presença dos deputados Oliveira Neto (Cidadania), João Madson (MDB), Marden Menezes (PSDB) e Francisco Costa (PT).

Fonte: Alepi
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp