Terça, 24 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

30°

22° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Piauí Solicitação à Sejus
29/03/2021 09h05
Por: Francine Dutra

Advogada pede instalação de parlatório e coleta de procurações em presídios

Com o intuito de solicitar melhorias para a atuação da advocacia criminal junto ao sistema prisional do Estado, a advogada Naiara Moraes encaminhou, nessa sexta-feira (26), ofício ao Secretário de Estado da Justiça, Carlos Edilson Rodrigues, pedindo a implantação do parlatório virtual e melhoria do atendimento quanto às coletas de procurações para advogados.

No documento, a advogada apresenta sugestões para melhorar o trabalho de advogados criminalistas durante a pandemia da Covid-19, em que novas medidas sanitárias requerem distanciamento social.

Foto: Ascom
Foto: Ascom

Segundo Naiara, o Parlatório Virtual é uma alternativa testada em outros Estados, a exemplo do Paraná, Rondônia, Alagoas, entre outros. A ferramenta virtual não elimina a possibilidade de atendimento presencial em casos extremos e pode ser implantado inicialmente em unidades prisionais consideradas como acessíveis pela Secretaria de Justiça, pois, diante do crescente número de casos da Covid-19, essa é uma opção para atendimento rápido e seguro para ambas as partes.

Continua depois da publicidade

Para utilizar o serviço, o advogado precisaria acessar uma página da Secretaria de Justiça na internet, definindo data e horário que estivessem disponíveis para agendamento do atendimento. De acordo com a advogada Naiara Moraes essa ferramenta tem o objetivo de otimizar a vida do profissional, proporcionando agilidade e comodidade. 

“No momento da reunião marcada, o profissional poderá utilizar um link via aplicativo (a exemplo do Google Meet) e conversar com o cliente, que já aguardará na sala virtual. Além de contribuir com a diminuição da circulação de pessoas nos presídios, o advogado que optar pelo uso do parlatório virtual ganhará agilidade em seu atendimento”, afirma Naiara.

O serviço eliminaria a necessidade de deslocamento dos profissionais até as unidades prisionais e a espera de todos os processos e busca do preso, problemas já encarados diariamente. Poderiam, ainda, disponibilizar ampliação nos canais de coleta de procurações e otimização da comunicação interna do sistema prisional.

Fonte: Ascom
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp