Terça, 20 de Abril de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

30°

23° 29°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Teresina Teresina
05/04/2021 14h11 Atualizada há 2 semanas
Por: Bruna Sampaio

Vigilância penalizou 57 estabelecimentos durante lockdown em THE

Foto: Divulgação PMT
Foto: Divulgação PMT

A Gerência de Vigilância Sanitária (Gevisa) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) aplicou 57 penalizações, sendo 44 notificações e 13 autos de infração em estabelecimentos comerciais no período de 29 de março a 4 de abril.

O monitoramento é feito rotineiramente com o apoio da Polícia Militar e Guarda Civil Municipal para verificação do cumprimento do Decreto com medidas mais restritivas nesse período.

A Gevisa atua em cerca de 200 estabelecimentos por noite e 1.000 estabelecimentos por final de semana, já que em dias de lockdown a fiscalização não é exclusiva em serviços essenciais, como também em estabelecimentos que estão obedecendo o Decreto e os não essenciais que insistem em desobedecer.

Continua depois da publicidade

A gerente de Vigilância Sanitária, Larisse Portela, informa que o monitoramento ocorre em todas as zonas de Teresina.

“Os tipos de estabelecimentos considerados não essenciais mais frequentemente encontrados abertos durante as vistorias são: lojas de material de construção, salões de beleza e barbearias, lojas de manutenção e acessórios de aparelhos de celular, oficinas de refrigeração e comércio de variedades. Também encontramos bares e restaurantes fazendo atendimento presencial em dias de lockdown”, disse a gerente de Vigilância Sanitária

Ela destaca e agradece o apoio da população que tem denunciado os estabelecimentos que descumprem o decreto. A Gevisa disponibiliza os fones 3215 9102 e 3215 9115 para a população fazer denúncias.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®