Domingo, 16 de Maio de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

22° 32°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Piauí Piauí
13/04/2021 16h22
Por: Bruna Sampaio

Vítimas de violência doméstica podem ter direito a afastamento remunerado

Reprodução
Reprodução

A Comissão de Constituição e Justiça aprovou em reunião virtual na manhã desta terça-feira (13), o parecer favorável do deputado estadual Júlio Arcoverde (Progressistas) ao Projeto de Lei Ordinária 53/2021, de autoria da deputada Teresa Britto (PV), que dispõe sobre o afastamento remunerado de servidoras estaduais vítimas de violência doméstica.

Júlio Arcoverde afirmou que a proposição da parlamentar do Partido Verde tem o objetivo de adequar a legislação estadual ao que estabelece a Lei Maria da Penha (Lei 11340/2006).

De acordo com o Projeto de Lei, as servidoras efetivas do Estado vítimas de violência terão direito ao salário integral pelo período de até seis meses.

Continua depois da publicidade

Ao justificar a apresentação do seu Projeto de Lei, Teresa Britto diz que a proposição visa manter a remuneração para as mulheres vítimas de violência doméstica que estejam com medida protetiva concedida pela Justiça contra os seus agressores.

A deputada do PV assinala que as mulheres vítimas que trabalham nos órgãos públicos como prestadoras de serviços também terão direito ao benefício da remuneração durante o afastamento.

Fonte: Alepi
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp