Quinta, 13 de Maio de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

33°

22° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Piauí Piauí
16/04/2021 14h00 Atualizada há 4 semanas
Por: Bruna Sampaio

Dono de portal é acusado de disseminar fake news contra políticos do Piauí

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook

O jornalista Thiago Maciel, dono do portal Tribuna Piauí, é apontado como executor dos ataques políticos na região de Valença e Teresina. 

Thiago foi candidato a vereador em Valença pelo MDB nas eleições de 2020, ficando na suplência. 

O jornalista foi alvo da operação Fake News deflagrada pela Polícia Civil do Piauí nessa quinta-feira (15), para apurar crimes contra a honra (calúnia, difamação) praticados contra autoridades públicas no Piauí em redes sociais (Facebook e WhatsApp).

Continua depois da publicidade

Dentre as vítimas iniciais havia o governador Wellington Dias, Secretários de Estado, Deputados Estaduais, Prefeitos e pré-candidatos a Prefeito. 

Surgiram como vítimas, no curso da investigação, o então Juiz eleitoral de Valença, uma vereadora e um pré-candidato a prefeito dessa mesma cidade. Com afastamento de sigilo bancário e colaboração do Tribunal de Contas do Estado - TCE, se demonstrou que o investigado, autor direto dos crimes, recebia recursos, sem licitação ou contrato prévios, da Prefeitura de Valença, durante o período de execução dos crimes.

"Ele recebia pagamentos da prefeitura de Valença por meio do seu CPF, do seu CNPJ, ele chegou a receber de cofres públicos, juntando todos os entes, no período investigado, até 100 mil reais sem licitação", disse o delegado Anchieta Nery.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp