Sábado, 12 de Junho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

31°

23° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Marcelo Barradas
Marcelo Barradas
Notícias com Marcelo Barradas
Brasil Brasil
06/05/2021 10h49 Atualizada há 1 mês
Por: Cristina

Insatisfeito, Bolsonaro deve tirar Ciro do comando de governistas na CPI

Jair Bolsonaro e Ciro Nogueira
Jair Bolsonaro e Ciro Nogueira

Tendo que se dividir entre o palácio do planalto em Brasília e os interesses em comandar o palácio de Karnak em Teresina, Ciro Nogueira perde espaço com o governo federal, após sua atuação mediana na CPI da Covid-19.

Ciro tinha a missão de tentar defender os interesses do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na CPI da Covid. Por conta da insatisfação de Bolsonaro com o desempenho dos senadores governistas na CPI, o Palácio do Planalto fez uma reunião nesta quarta-feira (05), para decidir sobre algumas mudanças. 

Segundo apurou a CBN, Bolsonaro desaprovou os trabalhos dos senadores durante o depoimento do ex-ministro Luíz Henrique Mandetta, nesta terça (04).

Continua depois da publicidade

Em busca de mudanças, Fernando Bezerra (MDB), líder do governo no Senado, vai assumir um cargo na suplência da CPI para comandar a atuação dos governistas, no lugar de Ciro Nogueira (PP).

"Há uma avaliação na cúpula do planalto que o Senador Ciro Nogueira, presidente do (PP) deixou a desejar no comando da "tropa de choque" do governo, o entendimento é que Ciro é muito bom nos bastidores, nas construções de acordos, mas não lida bem com os embates públicos, nas sessões da CPI, apurou o jornalista da CBN.

 

 

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp