Terça, 20 de Abril de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

31°

23° 31°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 municípios
R10 municípios Redação do Portal R10 / Equipe R10 Municípios
Cidades
21/04/2018 08h59 Atualizada há 3 anos
Por: Thainah Cortez

Violência contra mulheres atinge altos índices em Oeiras

A violência contra as mulheres constitui, atualmente, uma das principais preocupações do Estado brasileiro, pois o Brasil ocupa o sétimo lugar no ranking mundial dos países com mais crimes praticados contra as mulheres.

Em Oeiras, a cada dia tem crescido os casos de violência doméstica. Antônio Nilton, Delegado Regional de Polícia Civil em Oeiras, ressalta este crescente índice na cidade, destacando a necessidade de ter uma delegacia especializada na cidade. "Tem crescido muito os casos de violência doméstica em Oeiras, o que em muitos momentos inviabiliza a nossa saída da delegacia para algumas investigações. Precisamos de uma delegacia especializada na cidade, pois assim, desafogaria muito a nossa delegacia e mais crimes poderiam ser investigados com mais rapidez", ressalta o delegado.

De acordo com Dra. Sânia Mary Mesquita, presidente da OAB/Oeiras, o Piauí é um dos estados em que mais crescem os números de denúncias de delitos envolvendo violência doméstica. Mas isso não significa que seja um dos estados em que haja mais violência. Está comprovado que as denúncias se avolumam quando as mulheres se sentem seguras para fazê-lo.

"Na Delegacia Regional de Polícia Civil de Oeiras não é diferente. O que percebemos sobre a linha crescente de denúncias é que isso reflete um trabalho de conscientização que começa a surtir efeito, no sentido de a sociedade não mais aceitar culturalmente esta prática que dilacera não apenas a mulher vítima da violência, mas toda a família. Somado a isso, o trabalho sério de apuração que tem sido realizado pela polícia civil, aliado à resposta do Poder Judiciário", afirma Dra. Sânia Mary.

A presidente da subseccional reforça a necessidade da implantação da delegacia especializada da mulher em Oeiras, ressaltando que a OAB Subseção de Oeiras tem encaminhado inúmeras solicitações para que seja criada e instalada uma Delegacia Especializada no atendimento à mulher (DEAM) em Oeiras, por meio de ofícios e requerimentos, desde 2013. "Em 2017 a sociedade de Oeiras e região abraçou a causa e encaminhamos a reiteração do pedido acompanhada de abaixo assinado", relembra a presidente, acrescentando que em janeiro deste ano, o Secretário de Segurança Pública do Estado do Piauí respondeu a solicitação, informando que já foi encaminhado projeto para a Assembleia Legislativa com o objetivo de que, por meio de lei estadual, sejam criadas 12 delegacias dessa natureza, sendo Oeiras o polo de uma delas, a atender 17 municípios.

A presidente da subseccional da OAB em Oeiras finaliza dizendo que a delegacia de Oeiras não tem a estrutura (nem física nem humana) necessária para realizar o acolhimento devido às mulheres que a ela acorrem. "Uma delegacia especializada conta com agentes mulheres e trabalha em parceria com uma equipe multidisciplinar, que inclui profissionais de psicologia e assistência social entre outras, a fim de prestar o acolhimento inicial indispensável à vítima. Continuamos na luta para que o projeto vire lei, e que esta, ao ser aprovada, seja implementada", finaliza Dra. Sânia Mary Mesquita.

Continua depois da publicidade
Fonte: Mural da vila
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®