Quarta, 28 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

22° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Saúde Recomendação
14/05/2021 11h56 Atualizada há 2 meses
Por: Francine Dutra

Intervalo entre vacinas contra a Covid-19 e Gripe é de 14 dias, diz Saúde

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) já distribuiu os lotes das vacinas da gripe para todos os 224 municípios do Piauí. O Ministério da Saúde faz o alerta para que a população também se imunize contra o H1N1 e respeite o intervalo entre a vacina contra a Covid e a da gripe.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde,  Florentino Neto, a orientação do Ministério da Saúde é que a população dê prioridade à vacina da Covid, mas sem esquecer a vacina da gripe. “A imunização contra a gripe também é muito importante. Mas quem já tomou a vacina da Covid deve respeitar um intervalo de 14 dias entre as duas imunizações ou outras vacinas do calendário”, explica o gestor.

Foto: Reprodução/Governo do Estado
Foto: Reprodução/Governo do Estado

A diretora técnica do Natan Portella, infectologista Elna Amaral, aponta que é essencial nesse momento da pandemia que a população não negligencie nenhuma vacina disponível para a imunização. “A vacina é a melhor forma de prevenção de doenças infecciosas virais. Estamos em um momento de pandemia, o que traz bastante preocupação para a população. Mas precisamos entender que existe a influenza e que se for negligenciada também pode gerar uma síndrome respiratória grave que pode levar a morte assim como a Covid-19”, explica a médica.

Continua depois da publicidade

A infectologista destaca ainda que a vacina da gripe já está disponível, e que a população precisa colocar seu calendário vacinal em dia, para evitar mais complicações. “Respeitando os 14 dias entre os dois imunizantes a pessoa precisa ser vacinada com ambas. Essa imunização é essencial para reduzir os quadros de infecção respiratória grave e dessa forma evitar uma sobrecarga para o sistema de saúde do estado”, finaliza a médica.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp