Quinta, 29 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

27°

23° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Utilidade Pública
R10 Utilidade Pública
Tudo sobre utilidade pública.
Piauí Durante reunião
24/05/2021 13h35
Por: Marina Sousa

Wellington Dias alerta para risco de 3º onda da Covid-19 no Piauí

Nesta segunda-feira (24), o governador Wellington Dias (PT) e o prefeito de Teresina, Dr Pessoa (MDB), estiveram reunidos para discutir investimentos na capital e o enfrentamento da Covid-19, principalmente com a identificação da variante indiana no Estado do Maranhão e Ceará, além das vindas de estados brasileiros como de São Paulo. 

Dr. Pessoa ressaltou que irá ampliar a fiscalização na fronteira entre o Piauí e Maranhão, no intuito de evitar que a nova variante chegue ao Estado. "Hoje a conversação que tivemos aqui foi tratar do coronavírus, sobre essa pandemia, a pandemia que veio agravar mais ainda. Tivemos essa conversação harmônica, que mesmo em período de dificuldade, nós sairemos. Essa variante indiana, sem dúvida alguma vai ter cuidado maior nas barreiras, tudo que entra e sai de Teresina vamos intensificar mais a fiscalização", disse o gestor municipal.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Wellington Dias comentou sobre os repasses da Saúde e sinalizou da problemática com a falta de pactuação por mais recursos. "O que for necessário, estamos juntos para trabalhar. Aqui ele me fez um relato da situação gravíssima, o ano de 2020 tivemos uma pactuação com o congresso que não conseguimos até agora em 2021, que tivéssemos um repasse adequado de despesas para a saúde, a receita de Teresina cerca da metade é consumida com despesa da saúde".  

Continua depois da publicidade

Ainda na reunião, o governador do Piauí disse que o risco de ter uma terceira onda da pandemia é real. "Uma situação em que temos um nível de casos confirmados ainda bastante elevado, o risco de termos uma nova onda no Brasil é real, alertamos o ministro e queremos uma ação nacional. Transmitimos ao ministro da Saúde uma preocupação maior. Temos portos que fazem relação de comércio vindo de países como a Índia. Pedimos um plano nacional para acompanhar essa situação”, afirma.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp