Segunda, 15 de outubro de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
86 8118-6105
São João do Arraial-PI

São João do Arraial-PI

Leônidas Silva Correspondente do município.

[email protected]

86 8118-6105

Cidades - Política

Postada em 25/04/2018 ás 10h35 - atualizada em 25/04/2018 ás 10h54

Publicada por: Leônidas Silva

Fonte: Alepi

Líder do Governo critica oposição e pede ação de bancadas para liberação de empréstimo
Francisco Limma disse que as críticas da oposição tem objetivos eleitorais.
Líder do Governo critica oposição e pede ação de bancadas para liberação de empréstimo

Foto: Divulgação/Alepi

O líder do Governo, deputado Francisco Limma Lula (PT), criticou, ontem (24), a bancada de oposição na Assembleia Legislativa que, segundo ele, está jogando para a platéia ao denunciar irregularidades na aplicação de recursos do empréstimo obtido pelo Governo do Estado junto à Caixa Econômica Federal. Ele conclamou a todos os parlamentares federais e estaduais para que realizem uma ação conjunta visando a liberação da segunda parcela do empréstimo (R$ 315 milhões).

Francisco Limma disse que as críticas da oposição têm objetivos eleitorais, já que vêm sendo feitas às vésperas do pleito de 2018, e visam, também, impedir a liberação de novos recursos do empréstimo. “Fazendo isso, a oposição está prejudicando o Estado, pois impede que chegue o dinheiro necessário para que o Governo realize mais obras em benefício da população”, declarou ele.

 

O líder governista disse ainda que as denúncias da oposição não poderiam ser feitas porque o relatório dos auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE) sobre a aplicação dos recursos do empréstimo não foi conclusivo e a Caixa Econômica Federal ainda está apreciando a prestação de contas apresentada pelo Governo do Piauí.

 

 

Em aparte, o deputado Fábio Novo (PT) disse que forças políticas trabalham no sentido de que o Piauí não receba a segunda parcela do empréstimo. “O que a oposição está fazendo não é política, pois ela está trabalhando contra a população que precisa de obras e essas obras só poderão ser feitas com a liberação de recursos para o Estado”, assinalou ele.

 

Francisco Limma declarou que não se pode dizer que os recursos da primeira parcela do empréstimo da CEF foram desviados porque a prestação de contas do Governo ainda está sendo analisada. Ele lembrou que o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, determinou um prazo de 72 horas para que a Caixa Econômica Federal defina um cronograma de liberação do restante do empréstimo e que esse prazo terminará amanhã(25).

 

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista ADV
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium