Domingo, 25 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

32°

18° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Política Política
15/06/2021 20h06 Atualizada há 1 mês
Por: Jornalista Milton Atanazio

15 de junho, terça-feira – RESUMO DO DIA - no cenário político nacional

 

Boa noite. Aqui estão as notícias para você terminar o dia bem-informado, destacados pelo jornalista Milton Atanazio, direto de Brasília.

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade
JUNHO.jpg
www.abracambrasil.org.br/eventos
Praticando_a_vereança_-baixa_resol.JPG
www.abracambrasil.org.br/eventos

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade

 N  O  T  Í  C  I  A  S 

 

Continua depois da publicidade

DESTAQUE G1

Terça-feira, 15 de junho de 2021

O ex-secretário da Saúde do Amazonas Marcellus Campêlo foi alvejado por senadores governistas e oposicionistas durante depoimento nesta terça-feira (15) à CPI da Covid.
O depoimento de Campêlo foi o primeiro sobre a conduta de estados e municípios na pandemia. Até então, somente o governo federal tinha sido objeto das atividades da comissão.
Em relação ao Amazonas, a CPI apura, entre outros pontos, o colapso na rede pública de saúde do estado no início do ano, com o desabastecimento de oxigênio e a morte de pacientes por causa da falta do insumo.
Durante a audiência, senadores que costumam tentar proteger dos ataques da oposição os depoentes ligados ao governo federal passaram a fazer duros questionamentos.
Vice-líder do governo, o senador Marcos Rogério (DEM-RO) chegou a dizer que houve “crime de responsabilidade” por parte do governo amazonense ao não firmar com antecedência um novo contrato com a empresa White Martins, fornecedora de oxigênio.
Senadores independentes e de oposição, por outro lado, se ampararam no que consideraram uma omissão do governo federal diante da situação na região e na disseminação de cloroquina, por parte do Ministério da Saúde, na véspera do desabastecimento de oxigênio.
O senador Rogério Carvalho (PT-SE) ressaltou a confirmação de que houve disseminação no estado de cloroquina — remédio sem eficácia comprovada contra a Covid —para apontar “crime”.
“O grande crime está em defender uma medida de controle sanitário ineficaz, que largou brasileiros e brasileiras à própria sorte, ao contágio, à infecção e, por conseguinte, à morte, que fez gestores verdadeiros enxugadores de gelo”, afirmou.
“Isso não quer dizer, ex-secretário Marcellus Campêlo, que o governador do seu estado não foi um incompetente, não foi um fraco. Foi conivente. Foi conivente porque ele sabia de todos os riscos e voltou atrás. Ele não teve coragem de manter a posição dele porque desagradava ao presidente e o grupo político do qual ele faz parte”, afirmou o senador.

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade

DESTAQUES CNN

 
CPI da Pandemia
O secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, prestará hoje depoimento à CPI da Pandemia. O foco das perguntas será a crise da falta de oxigênio no estado. Detalhes como o papel do Ministério das Relações
Exteriores na crise e o prazo entre o pedido de ajuda durante o colapso
da saúde e a sua efetivação serão questionados. O grupo quer esclarecer
também o debate junto ao governo federal sobre a necessidade de
intervenção federal no estado.

Rodrigo Maia fora do DEM
O Democratas (DEM) expulsou o deputado federal Rodrigo Maia (RJ),
ex-presidente da Câmara dos Deputados, do partido, informou a legenda em nota. “A comissão nacional, à unanimidade de votos, deliberou pelo
cometimento de infração disciplinar, e consequente expulsão do deputado”, diz. Segundo o analista de política da CNN Caio Junqueira, a saída de
Rodrigo Maia do DEM era algo esperado, mas não com a rispidez do ato
de expulsão tomado pela legenda na segunda-feira.

Bolsonaro pede antecipação de vacinas
O presidente Jair Bolsonaro pediu à cúpula da Pfizer que sejam
antecipados lotes de vacinas. O pedido foi por 10 milhões de doses para
julho. A antecipação dos lotes ocorreria dentro dos contratos já assinados do governo com a empresa. O primeiro contrato, assinado em 19 de
março, prevê 100 milhões de doses até o final do terceiro trimestre.
O segundo contrato prevê 100 milhões de doses entre outubro e dezembro. A CNN apurou que o Brasil já recebeu 8,2 milhões de doses da
farmacêutica.

Covid na Copa América
Após testar mais de 2.900 pessoas, o Ministério da Saúde confirmou 41
casos de Covid-19 entre jogadores, integrantes das delegações e
prestadores de serviço da Copa América. Dentre os infectados, estão
membros das delegações de países como Colômbia, Bolívia e Venezuela. Além disso, 10 trabalhadores de um hotel na cidade de Brasília, onde as
equipes da própria Venezuela e do Brasil ficaram hospedadas, também
estão na lista.

Reunião deve elevar juros

O Copom, colegiado do Banco Central responsável por gerir os juros do
país, começa hoje a reunião de dois dias que deve definir o novo nível da Selic, a taxa de referência da economia e do sistema financeiro.
O anúncio dos novos juros serão feitos no início da noite da quarta-feira. A Selic está hoje em 3,5% ao ano, e há poucas dúvidas de que será
elevada novamente em mais 0,75 ponto percentual, para 4,25%. O
próprio Copom já assinalou para um novo aumento desta magnitude nos comunicados da última decisão.

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade

DESTAQUES PODER 360

 

Continua depois da publicidade

15 Estados pretendem vacinar todos os adultos até outubro; saiba as previsões

Mais otimista, Ceará quer imunizar 100% até 25 de agosto; 8 unidades da Federação não informam prazo

Profissional de saúde segura dose de vacina contra covid-19. Previsão de Estados levam em conta aumento de ofertas de vacinas por parte do Ministério da SaúdeSérgio Lima/Poder360 – 19.jan.2021

Esta reportagem e o infográfico foram atualizados às 12h39 de 15.jun.2021 para inserir a projeção divulgada pelo governo do Estado do Paraná.


Levantamento realizado pelo Poder360 mostra que 15 Estados brasileiros pretendem aplicar a 1ª dose da vacina contra a covid-19 em toda sua população adulta até o fim de outubro. O mais otimista deles é o Ceará, que prevê a imunização de 100% dos elegíveis até 25 de agosto.

São Paulo e outros 5 Estados projetam o fim da 1ª fase da vacinação em adultos até setembro. Já Minas Gerais tem prazo mais longínquo: até dezembro.

Acre, Amazonas, Bahia, Mato Grosso, Roraima, Tocantins, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal não divulgaram estimativas. Afirmam que o calendário é de responsabilidade dos municípios e que dependem do envio de vacinas pelo Ministério da Saúde.

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade

Os novos calendários de imunização dependem do aumento da oferta de vacinas. O Ceará, por exemplo, só aplicou a 1ª dose em 30% dos adultos até agora. No ritmo atual, a campanha se estenderia até maio do ano que vem.

Os prazos estabelecidos levam em conta as previsões de doses a serem entregues pelo Ministério da Saúde às unidades da Federação. Em meses anteriores, a pasta revisou essas previsões para baixo mais de uma vez.

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade

“RINHA DE VACINA”

Governadores e prefeitos protagonizaram nos últimos dias uma “competição” em torno do ritmo de vacinação. Internautas apelidaram as interações de “rinha de vacina”.

Em troca de mensagens bem-humoradas no Twitter, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), disse ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), estar “preparando” uma resposta ao plano otimista do governo paulista, que pretende imunizar todos os adultos com a 1ª dose até 15 de setembro.

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade

MP-SP abre inquérito contra organizadores de “motociata”

Ato foi realizado no sábado; procurador cogita entrar com ação civil pública contra responsáveis

MP irá investigar organizadores de evento realizado em São PauloFoto: Alan Santos/PR

O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) abriu nesta 2ª feira (14.jun.2021) inquérito para apurar se os organizadores da “motociata” realizada em São Paulo no sábado (12.jun) devem ser responsabilizados pelo descumprimento de regras sanitárias de enfrentamento ao coronavírus. Batizado de “Acelera para Jesus”, o evento foi feito em apoio ao governo do presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com o procurador Arthur Pinto Filho, responsável pela portaria que instaura o inquérito, o grupo de motoqueiros descumpriu o decreto estadual que obriga o uso de máscaras em locais públicos. Ele também informou que a investigação pode levar ao ajuizamento de uma ação civil pública contra os responsáveis pelo evento.

“Evidente que não se está a buscar obstar de nenhuma maneira o direito de reunião e manifestação, que não estão suspensos por conta da pandemia. Deseja-se, somente, que tais direitos sejam exercidos dentro dos limites gizados pelas normas jurídicas em vigor e pela situação pandêmica de nosso Estado”, afirma o procurador.

O objetivo da apuração é identificar as lideranças que descumpriram as normas sanitárias, dar a oportunidade para que se manifestem e, ao final, responsabilizar os organizadores por dano moral e social coletivo.

“O uso de máscara é o mínimo civilizatório em tempos pandêmicos. Não há nenhum infectologista com um mínimo de credibilidade que oriente a população em sentido contrário. Aqueles que são useiros e vezeiros em contrariarem este mínimo civilizatório são justamente o dirigente máximo do País e seus seguidores nos atos no Brasil em que Sua Excelência participa”, prossegue a portaria.

O procurador encaminhou uma cópia do documento ao MPF (Ministério Público Federal) para que a instituição decida se a conduta de Bolsonaro também deve ser investigada.

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade

MULTA

O governo de São Paulo, chefiado por João Doria (PSDB), chegou a multar Bolsonaro por não usar máscara e provocar aglomeração no ato político.

De acordo com a nota da assessoria do governo paulista, o presidente e o deputado federal Eduardo Bolsonaro, seu filho, foram flagrados por equipes da Saúde e Segurança Pública sem máscara. O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, também foi autuado.

O governo do Estado disse que os 3 desrespeitaram as medidas preventivas já conhecidas contra a covid-19. O uso de máscaras é obrigatório no Estado de São Paulo desde maio de 2020.

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade

Copa América tem 41 casos de covid entre jogadores e prestadores de serviço

A informação foi divulgada pelo Ministério da Saúde nesta 2ª feira (14.jun.2021)

O estádio Mané Garrincha em Brasília sediou o primeiro jogo da Copa América no BrasilSérgio Lima/Poder360

O Ministério da Saúde confirmou, nesta 2ª feira (14.jun.2021), que 31 jogadores e 10 prestadores de serviço da Copa América testaram positivo para o coronavírus. Até a publicação desta reportagem, a pasta não detalhou as seleções afetadas.

De acordo com a Saúde, foram realizados 2.927 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços.

“O Ministério da Saúde informa que, até o momento foram realizados 2.927 testes de RT-PCR entre jogadores, membros das delegações e prestadores de serviços. No dia de 13 de junho, foram notificados 41 casos de Covid-19 confirmados, sendo 31 entre jogadores e membros das delegações e 10 prestadores de serviços contratados para o evento. Todos os casos de prestadores de serviços foram confirmados em Brasília (DF). A positividade de casos por Covid-19 foi de 1,40%. Os resultados do sequenciamento genético para análise de variantes serão concluídos em até 14 dias, prazo necessário para realização da análise”, disse a pasta ao Poder360.

Menos de um dia depois do início do torneio, 4 das 10 delegações que disputam a Copa América já tiveram casos confirmados de covid-19. As equipes reúnem atletas que atuam em países que apresentam ao menos 6 variantes do coronavírus. As 4 variantes de preocupação, ou seja, aquelas mais perigosas e transmissíveis estão entre as registradas nos países em que os atletas trabalham.

O levantamento do Poder360 levou em consideração os atletas convocados das seleções da Venezuela, Bolívia, Colômbia e Peru, segundo a lista apresentada pela Conmebol. Também foram considerados os atletas convocados posteriormente pela Venezuela.

Ao todo, os jogadores inscritos pelos 4 países atuam em 23 ligas nacionais diferentes, além do Brasil. Os jogadores estão na Ásia, nas Américas do Sul, Central e do Norte e na Europa.

Além disso, o campeonato colocará frente a frente seleções de alguns dos países com maior taxa mundial de mortalidade pelo coronavírus.

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade

COLUNA DO ESTADÃO -DESTAQUE

 

Continua depois da publicidade

Aras diz ter respeitado autonomia de subalterno

A um interlocutor, Augusto Aras disse não haver espaço para interferência no Ministério Público e que a prerrogativa de autonomia funcional é “sagrada”. Foi assim, segundo ele, no caso do inquérito dos atos antidemocráticos, cujo arquivamento foi proposto pelo vice-procurador-geral Humberto Jacques de Medeiros. A conta, porém, acabou indo para Aras. De acordo com o PGR, só quando há abusos a autonomia pode ser quebrada. Aras também afirmou não ter havido arranhão na relação dele com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo.

Matemática. Nessa toada, estatísticas da atuação da Procuradoria-Geral da República em várias frentes serão apresentadas a Augusto Aras nos próximos dias.

Não tá comigo. Empenhado em ser percebido como um gestor, o PGR quer mostrar também que não concentra poder e que delega a condução de grandes temas aos subprocuradores.

Um por todos… Se para alguns parlamentares o arquivamento foi um alívio, para outros, representou uma perda de munição contra o governo de Jair Bolsonaro: Randolfe Rodrigues (Rede-AP) pediu a Moraes a substituição de Aras.

…todos por um. A proposta deixou as associações das carreiras do Ministério Público em alerta. Pela primeira vez, todas as associações (ANPR, ANPT, Conamp e AMPDFT) e conselhos de procuradores emitiram nota de apoio a Aras.

Bumerangue. Sabem que mexer nas atribuições do PGR poderia representar um efeito cascata. A investida do senador Randolfe acabou servindo para uma oportunidade de reaproximar Aras da base do MP.

É verdade…. A SPTuris foi contratada pela Secretaria de Esportes e Lazer da Prefeitura de São Paulo para ajudar na motociata de Jair Bolsonaro na capital paulista, aquela que os apoiadores do presidente disseram que iria entrar como recorde no Guinness Book.

…esse ‘Guineis Buk’. Tudo não passava de mais uma fake news, como mostrou o Estadão Verifica. Menos para os cofres públicos: a conta de R$ 75 mil que a secretaria pagou pela motociata era bem verdadeira.

SINAIS PARTICULARES.

Jair Bolsonaro, presidente da República

Kleber Sales

Ghosting. Nenhuma das reuniões do presidente Jair Bolsonaro a respeito de covid-19, durante a crise do oxigênio em Manaus, foi registrada por ata. É o que demonstra ofício da Casa Civil enviado à CPI da Covid.

Ghosting 2. O documento foi em resposta a requerimento do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), solicitando mais detalhes sobre cinco reuniões, de 5 a 15 de janeiro, citadas em depoimento de Eduardo Pazuello como relevantes para a definição de uma estratégia de enfrentamento da crise em Manaus.

Vaca amarela. Nem mesmo a reunião de ministros, em que Bolsonaro teria decidido não intervir em Manaus, foi registrada em ata.

Cadê Terra? Nem com Osmar Terra, em 13 de janeiro. Dias antes, o deputado havia citado Manaus como exemplo da “tese” da imunidade de rebanho.

CLICK. O governador Cláudio Castro (PL-RJ) participou, no Copacabana Palace, de evento organizado por Karim Miskulin (Grupo Voto) sobre a retomada do turismo.

Coluna do Estadão

PRONTO, FALEI!

Fábio Trad. FOTO: MARCELO CAMARGO/AG. BRASIL

Fábio Trad, deputado federal (PSD-MS): “Bolsonaro apoiou Russomanno, perdeu. Apoiou Binyamin Netanyahu, perdeu. Favor não torcer pelo Botafogo. Meu time não aguenta sofrer mais, ok?”

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade
ANÚNCIO_DOCAM_2_jpeg.JPG
www.docam.com.br
docan_novo.JPG

SAIBA MAIS…https://www.instagram.com/p/CNDAhJyjCBs/?igshid=15ibrunwhlkf0

anúncio_foco_naz_politica.JPG
JORNALISMO COM RESPONSABILIDADE/Veículos
ABRACAM NOTÍCIAS –
Revista VOX – A cara e a voz do Legislativo!
www.abracambrasil.org.br
FOCO NA POLÍTICA –
Um panorama da política nacional direto de Brasília
www.foconapolitica.com.br
BRAZILIAN NEWS –
O seu site de notícias de Brasília para o Mundo
www.braziliannews.com.br
PORTAL R10 – O seu portal de notícias
www.portalr10.com/foco-na-politica-direto-de-brasilia
Direto com o jornalista MILTON ATANAZIO
[email protected] e
whatsapp 61 9 8191-9906

Vídeos, fotos e links (EDIÇÃO COMPLETA) no site  www.foconapolitica.com.br

Jornalismo com seriedade
Jornalismo com seriedade
Fonte: -CNN-Poder 360- G1
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp