Quarta, 25 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

27°

22° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 Policial
R10 Policial
Tudo sobre notícias policiais do Brasil e do mundo.
Polícia Pena de 12 anos
24/06/2021 09h25
Por: Francine Dutra

Ex-prefeito de Esperantina Felipe Santolia é preso por desvio de dinheiro

Na noite dessa quarta-feira (23), a Polícia Civil realizou a prisão do ex-prefeito do município de Esperantina, Felipe Santolia. O antigo gestor foi prefeito da cidade entre os anos de 2005 e 2008, e foi condenado pela Justiça do Piauí, acusado por desvios milionários ocorridos enquanto ocupava o cargo de prefeito, respondeu a processo e integrava o rol de pessoas procuradas, com pena de 12 anos e três meses de prisão.

Através de exaustiva investigação policial, a Divisão de Capturas do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE), órgão de execução da Polícia Civil do Estado de São Paulo, com apoio da Gerência de Polícia Especializada da Polícia Civil do Estado do Piauí, obteve a localização do ex-prefeito no município de Caraguatatuba, cidade do litoral norte do estado de São Paulo, e solicitou mandado de busca e apreensão à Justiça paulista e cumpriu mandado de prisão expedido pelo Juízo da Comarca de Esperantina.

Foto: Reprodução/PC-PI
Foto: Reprodução/PC-PI

“Xico Namastê", como era conhecido na cidade paulista, permaneceu incógnito, e fugiu da aplicação da Lei por anos. Segundo a polícia, ele estaria utilizando outro nome, um novo apelido e deixou a barba e seus cabelos crescerem.

Continua depois da publicidade

O ex-prefeito foi encontrado no centro do município e tentou se esquivar da prisão apresentando documento falso, com dados de uma terceira pessoa, oriundo do Estado de Minas Gerais. De acordo com a polícia, ele ainda afirmou ser primo de Felipe Santolia e continuou negando a identidade.

O capturado foi transportado à sede da Divisão de Capturas para realização dos procedimentos de Polícia Judiciária e será recolhido a estabelecimento prisional onde permanecerá à disposição da Justiça.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp