Terça, 17 de Maio de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

28°

22° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Sem foto
Cristina Redação
Cidades Cidades
24/06/2021 10h01 Atualizada há 11 meses
Por: Wellington Siqueira

Testemunha é o verdadeiro autor da morte do idoso de 87 anos em Campo Maior

A Polícia Civil elucidou o assassinato do aposentado José Cardoso da Silva, de 87 anos, que foi morto a golpes de foice, dentro de sua casa, localizada em um terreno afastado no Bairro Estação, em Campo Maior. Os investigadores conseguiram identificar 4 autores do crime de homicídio, que ocorreu em abril desse ano.

O delegado Períckles Lima, que comandou as investigações, concedeu entrevista à nossa reportagem e revelou que o caso está totalmente esclarecido. O policial disse que Cardoso foi morto porque reagiu ao assalto que os envolvidos faziam em sua casa, onde procuravam uma grande quantidade de dinheiro.

Testemunha é o verdadeiro autor da morte do idoso de 87 anos em Campo Maior

Perickles disse que José Cardoso foi morto com um golpe de foice na cabeça e o crime começou a ser elucidada, após o depoimento de uma pessoa que seria a principal testemunha do assassinado, inclusive indicando o possível autor do crime, mas na verdade era essa testemunha um dos criminosos.

Continua depois da publicidade

“Nós desconfiamos do autor, que veio a Delegacia como testemunha do crime. Esse rapaz veio prestar depoimento com o braço lesionado por um profundo corte, que passamos a desconfiar. Depois de investigações descobrimos que o ferimento era consequência do crime contra o idoso, já que ele usou o próprio braço para quebrar um recipiente de vidro onde estaria o dinheiro que seria roubado”, conta o delegado.

O policial disse a partir dai o crime foi desvendado, com os autores identificados. Dos quatro acusados, dois já estão à disposição da Justiça. “Identificamos quatro autores, sendo um deles menor de idade, que já está apreendido. Os outros três são maiores e um deles está preso”, detalha Perickles.  

Fonte: Portal de Campo Maior
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp