Terça, 19 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

34°

24° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
Saúde
Saúde
Encontre aqui notícias sobre saúde e bem-estar.
Geral Por conta da covid
28/06/2021 09h51
Por: Francine Dutra

Servidores da saúde pública no Piauí denunciam mais de um ano sem férias

No limite da exaustão, servidoras e servidores da saúde pública do Piauí estão há mais de um ano sem direito a férias ou licença prêmio (desde março de 2020), devido à pandemia. Enfrentando sem descanso uma realidade com milhares de doentes e mortes. O Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde Pública do Piauí que representa os profissionais de Saúde (SINDESPI) reivindica do direito e a necessidade de férias aos servidores. 

“Quando iniciou a pandemia, em março de 2020, o Estado baixou Decreto suspendendo todas as licenças prêmio e férias de todos os servidores da saúde, da linha de frente ou não, suspendeu de todos. Mais de um ano depois, continuam sem férias nem licenças. Os servidores não aguentam mais. Estão cansados, estressados de tanto lidar com tantas mortes e pessoas doentes. Muitos já vinham de períodos de férias acumuladas, estão no limite. Precisamos resolver essa questão”, afirmou a presidenta do SINDESPI, Geane Sousa.

Geane Sousa, presidente da SINDESPI - Foto: Ascom SINDESPI
Geane Sousa, presidente da SINDESPI - Foto: Ascom SINDESPI

A Direção do SINDESPI informou que foi protocolado ofício na Secretaria de Administração do Estado. “A Secretaria de Administração enviou para a PGE, que respondeu com parecer favorável, afirmando que as férias são um direito de todos. A suspensão foi por meio de Decreto do governador, assim é preciso que o governo do Estado baixe novo Decreto liberando e apresentando escala de férias para os servidores da Saúde. Se não, de uma forma ou de outra, os servidores vão acabar se afastando, mas por problemas de saúde devido ao stress e exaustão, o que é pior para todos”, diz Geane Sousa.

Continua depois da publicidade

O Governo suspendeu as férias dos servidores vinculados à SESAPI com o Decreto Estadual nº 18.884, de 16.03.2020, art. 10, inciso II. “No entanto, se por um lado a situação de emergência impõe a necessidade de manter a rede de assistência hospitalar em funcionamento pleno, para cuidar das pessoas afetadas, por outro lado, não se pode descuidar de quem cuida”, diz trecho de Ofício enviado pelo sindicato à SEADPREV. 

Categoria Mobilizada

O SINDESPI informou ainda que já protocolou um segundo ofício para a Secretaria de Saúde do Piauí, solicitando audiência e solução para o impasse. Mas a SESAPI até o momento não agendou, nem respondeu. O sindicato diz que a categoria está no limite da exaustão, mas que os servidores estão mobilizados e não descartam uma paralisação reivindicando seu direito a férias.

Fonte: Ascom
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp